AO VIVO
Economia - 16 de fevereiro de 2024
Foto:

Novos questionamentos do MPF colocam em risco projeto da Eneva no Amazonas

Depois de tentar impedir o mercado de potássio, MPF mira o mercado de gás no Amazonas

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O Ministério Público Federal pediu à Justiça a suspensão imediata de todos os processos de licenciamento ambiental relacionados à Eneva no Complexo do Azulão, no interior do Amazonas. Eles também querem interromper a exploração de gás ou petróleo em áreas que afetem comunidades indígenas e povos isolados, além de exigir que novas licenças sejam emitidas apenas pelo Ibama, não pelo órgão estadual.

De acordo com a Eneva, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) forneceu uma informação técnica em setembro de 2023, indicando que a terra indígena mais próxima está a cerca de 27,85 quilômetros do Complexo do Azulão. Portanto, a empresa afirma que não há terra indígena demarcada ou em estudo na área do empreendimento. Durante o curso da ação civil pública, outras demandas e argumentos do Ministério Público Federal, como o pedido de cancelamento de audiências públicas, foram rejeitados. A Eneva enfatiza que suas licenças ambientais para o complexo de Azulão, no Amazonas, continuam válidas, de acordo com as decisões das instituições responsáveis.

Na sexta-feira (16), a Eneva anunciou a descoberta de duas novas reservas de petróleo e gás natural no Amazonas. Essas descobertas, chamadas de Campo de Tambaqui e Azulão Leste, marcam o início da fase de desenvolvimento da produção pela empresa.

Convidado para o anúncio da Eneva, o governador Wilson Lima destacou a geração de aproximadamente 6 mil empregos com os investimentos no setor de gás natural no estado, incluindo a declaração comercial desses novos campos de exploração. Ele enfatizou o potencial das reservas de gás do Amazonas para beneficiar a população local.

A Eneva, como a maior operadora privada de gás natural em terra do Brasil, já opera no campo do Azulão e está desenvolvendo o Projeto Azulão 950, que visa instalar duas usinas termelétricas a gás natural em Silves, com capacidade para abastecer milhões de residências em todo o país a partir de 2026.

Depois de tentar impedir o mercado de potássio, MPF mira o mercado de gás no Amazonas.

Denúncia: Procurador guia indígenas em estratégia para anular licença da Potássio

TRF1 derruba decisão contra licença para exploração de potássio em Autazes

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas