AO VIVO

Vereadores indicam suposta inércia da prefeitura ao justificarem CPI da Águas de Manaus

Na tarde desta sexta-feira (24), parlamentares explicaram o objetivo da investigação a ser realizada pela Câmara Municipal de Manaus (CMM)

Por: Thiago Gonçalves
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Na tarde desta sexta-feira (24), vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) deixaram claro o argumento de uma suposta inação da prefeitura da capital ao justificarem a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) a fim de investigar a empresa Águas de Manaus.

De acordo com os vereadores, a prefeitura é a autoridade responsável para cobrar a empresa por eventuais práticas abusivas na prestação dos serviços à população, por meio de concessão pública.

O presidente da CMM, vereador Caio André e mais 8 parlamentares participaram de uma coletiva de imprensa para explicar a intenção da CPI contra a concessionária que atua na capital.

Conforme as informações apresentadas, um dos objetivos principais é investigar a cobrança de 100% da taxa de esgoto em locais em que não há o serviço. “Sendo cobrada em vários bairros de Manaus sem que a concessionária tenha construído rede nenhuma, quem construiu foi o poder público através do governo do estado em áreas contempladas pelo Prosamim. Foram construídas essas redes, a Águas de Manaus recebeu e está lucrando cem por cento, em muitos casos sem sequer ter a coleta, não estou falando ainda do tratamento. É muito grave, uma situação muito complexa.”, disse o vereador Rodrigo Guedes.

O vereador observou que são diversas possíveis práticas abusivas cometidas pela empresa. “A população fica se perguntando: não tem ninguém olhando pela população? Não tem ninguém zelando pelos interesses da coletividade? A Águas de Manaus manda mais que a prefeitura? A gente precisa investigar isso.”, declarou.

O parlamentar ainda fez um apelo ao prefeito de Manaus, David Almeida, ao argumentar que a questão da taxa de esgoto precisa ser revista e observar que a CPI não tem o poder de reduzir a tarifa.

“Fica acima de tudo o pedido ao prefeito, como autoridade máxima e o dono do contrato, por assim dizer, de que ele reestabeleça um acordo com a empresa para diminuir essa tarifa de esgoto, pois a CPI não tem esse poder de diminuir a tarifa de esgoto. O que a CPI vai fazer é investigar, ver o contrato, ver o plano de metas, o plano de investimentos da concessionária, auditoria, para ver se aquilo que ela contratou com a prefeitura ela está cumprindo.”., declarou Rodrigo Guedes.

“Nada impede que a prefeitura em comum acordo com a empresa estabeleça percentuais frente a cada uma das fases feitas em relação à rede, coleta, tratamento e destinação do esgoto. Quando chegar a todas as quatro fases feitas, aí sim, remunera integralmente.”, pontuou o vereador Marcelo Serafim.

Também há questionamentos referentes à arrecadação da empresa Águas de Manaus. “O lucro líquido de aumento de 93% nos últimos dois anos sobre uma arrecadação bruta de R$ 1,5 bilhão significa que a empresa está lucrando muito à custa do sofrimento da população.”, afirmou Guedes.

Instalação

Segundo o presidente da CMM, a previsão é que a tramitação da CPI da Águas de Manaus inicie nos próximos dias. Os trabalhos de investigação começarão após a CPI ser instalada oficialmente em sessão plenária.

“Nós devemos colocar em pauta assim que forem superados todos os processos, todos os projetos e requerimentos que estão à frente deste requerimento da CPI da Águas de Manaus, mas a gente acredita que ainda antes da primeira quinzena de março a gente deve fazer a deliberação no plenário desta Casa Legislativa.”, explicou Caio André.

Leia mais:

 

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas