AO VIVO
Legislativo - 08 de novembro de 2023
Foto:

Vereador manda Câmara ‘tomar vergonha na cara’ e provoca bate-boca no plenário

Vereadores da base do prefeito David Almeida(Avante) responderam às declarações do parlamentar

Por: Leon Furtado
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Nesta terça-feira (7), uma declaração do vereador Rodrigo Guedes (Podemos) causou uma intensa discussão na Câmara Municipal de Manaus (CMM). A fala veio após as declarações do secretário municipal de Meio Ambiente (Semmas), Antônio Stroski, que informou sobre a falta de recursos para realizar ações ambientais, durante a sessão plenária desta terça-feira.

O parlamentar culpou a Prefeitura de Manaus como um todo “porque seria covarde falar somente da Semmas, sendo que quem define o orçamento é o prefeito de Manaus”.

Ele afirmou que a Câmara de vereadores aceita o orçamento proposto pela prefeitura sem a devida análise para equilibrar as políticas públicas e priorizar questões críticas.

“Infelizmente a Câmara Municipal de Manaus aceita o orçamento que vier da prefeitura sem fazer a ponderação necessária para equilibrar as políticas públicas e priorizar o que é prioridade. Infelizmente, foi aprovado aqui, com meu voto contrário, um orçamento pífio para a Semmas. Orçamento que já veio baixo da Prefeitura de Manaus e os vereadores não alteraram para permitir que a Semmas tenha a estrutura necessária para desempenhar a agenda da prefeitura”, disse.

O vereador criticou a falta de plantio de mudas na cidade, lembrando que Manaus é a segunda cidade menos arborizada do Brasil. Rodrigo Guedes ressaltou a importância de combater invasões em áreas de proteção ambiental e a destruição de áreas verdes devido a empreendimentos. Ele enfatizou que a agenda ambiental da cidade é problemática e que a falta de recursos e estrutura adequada é um obstáculo. Ele apelou ao prefeito para alocar mais recursos, pelo menos triplicando o orçamento. Caso isso não aconteça, ele instou a Câmara Municipal a redirecionar o orçamento de maneira mais eficaz.

“A agenda ambiental da cidade é um desastre. Eu não imputar [isso] à falta de comprometimento de vossa excelência. Eu sei que vossa excelência quer [cumprir a agenda], assim como a equipe da Semmas. Eu sei que ali tem pessoas qualificadas, eu sei que ali precisa de sem concurso público e sem estrutura realmente não dá pra fazer. O prefeito precisa entender que isso é pauta prioritária. Primeira coisa que ele tem que fazer é enviar recursos, colocar pelo menos o triplo de orçamento. E se não colocar, a Câmara Municipal precisa criar vergonha na cara e remanejar o orçamento pra colocar dinheiro onde precisa”, destacou.

Em resposta, o secretário concordou em fornecer aos vereadores a relação das áreas onde ocorreu o plantio de mudas desde 2021, reconhecendo que Manaus enfrenta desafios na arborização.

‘Bateu, levou’

Vereadores da base do prefeito David Almeida (Avante) criticaram a postura de Guedes. O vereador Dione Carvalho (Patriota) expressou desacordo com a maneira como Guedes se manifestou, afirmando que, ao instar a Câmara Municipal a “tomar vergonha na cara,” ele também está se criticando.

“Ele está desrespeitando não só a casa, mas ele mesmo. E eu discordo dele, porque nós estamos aqui para concordar e discordar, mas sempre respeitando e partindo do princípio da legalidade. Nesta casa aqui, todos os nobres vereadores foram eleitos democraticamente para representar a cidade de Manaus. Vamos ponderar nossos discursos, para que não ofenda a casa”, afirmou Dione.

Raulzinho (PSDB), vice-líder da base, concordou com Dione Carvalho, argumentando que há coisas que não devem ser ditas. Ele destacou que todos os vereadores foram eleitos democraticamente para representar a cidade de Manaus e que é importante ponderar os discursos, evitando ofender a instituição.

“Tem vereadores aqui que têm de se conter e respeitar a vontade da população de Manaus, porque todos fomos eleitos através do voto democrático. É muito fácil criticar, jogar pedra. É mais fácil jogar pedra do que trabalhar. E pessoas que procuram, de alguma forma, esconder o que não fazem, procuram jogar pedras. Eu participei de várias atividades da Semmas, principalmente no Alphaville, na zona Norte, na zona Leste”, enfatizou.

Finalmente, o vereador Sassá da Construção Civil também criticou as declarações de Rodrigo Guedes e sugeriu que o vereador deveria “se tratar, procurar um médico de cabeça, um hospício”.

#Rodrigo Guedes Camara Municipal de Manaus discussão Antônio Stroski Arborização Sessão Plenária

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas