AO VIVO
Legislativo - 28 de fevereiro de 2024
Foto: Reprodução/Internet

Mecias denuncia jogo de cena do governo Lula para tentar amenizar crise yanomami

Mecias de Jesus acusou o governo de realizar “mais um espetáculo para o inglês ver”

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O senador Mecias de Jesus (Republicanos), representante de Roraima, fez duras críticas ao governo federal em relação à sua abordagem das questões enfrentadas pelas comunidades indígenas em seu estado. Em um discurso contundente no Congresso, o senador destacou a falta de atenção e cuidado com diversas etnias indígenas, além dos Yanomamis, que também habitam a região.

Ele ressaltou a presença de 13 etnias diferentes em 32 territórios do estado, todas necessitando de assistência e proteção. O senador acusou o governo de realizar “mais um espetáculo para o inglês ver”, ao enviar uma comitiva de nove ministros de estado e representantes de órgãos federais para inaugurar uma sala denominada Casa de Governo, que coordenará ações nas terras Yanomamis.

Para o senador, essa medida parece ser apenas uma forma de dar satisfação para ONGs e a imprensa internacional, sem efetivamente resolver os problemas enfrentados pelas comunidades indígenas. Ele destacou que, apesar dos gastos significativos realizados anteriormente pelo governo, a situação dos Yanomamis piorou, com mais mortes registradas em 2023 do que em 2022.

Os gastos foram de R$ 1,2 bilhão.

Os dados do Sistema de Informação da Atenção à Saúde Indígena (Siasi) mostram que o número de mortes de ianomâmis em 2022 permanece o mesmo: 343. Por outro lado, o Siasi corrigiu a informação divulgada pelo governo federal, indicando que foram registradas 345 mortes em 2023, e não 308 como inicialmente informado. A discrepância representa 37 mortes, ou mais de 10% do total.

“Vamos tomar todas as atitudes para tirar os garimpeiros ilegais e cuidar dos yanomamis.” A frase foi dita pelo presidente Lula (PT) em 30 de janeiro de 2023. Na época, imagens de indígenas yanomami desnutridos e de garimpeiros invadindo suas terras na Amazônia causavam comoção nacional e internacional. O governo anunciou então a criação de um comitê de crise e declarou estado de emergência em saúde pública.

O senador Mecias de Jesus expressou preocupação de que as medidas anunciadas pela comitiva de ministros não sejam mais uma vez paliativas, buscando apenas esconder a realidade sem enfrentar os problemas reais enfrentados pelas comunidades indígenas em Roraima.

“Em Roraima não há só os Yanomami. Em Roraima há Makuxis, Waimiris, Atroaris, Wapixanas. São 13 etnias, espalhadas em 32 territórios do estado de Roraima, que precisam de cuidado. Enquanto acerca a sola Roraima e a sua população, o governo federal arma mais um espetáculo para o inglês ver. Enviando para o estado, na próxima quinta-feira, pasmem os senhores, uma comitiva com nove ministros de estado e representantes de diversos outros órgãos federais para inaugurar uma sala que dará o nome de Casa de Governo, uma estrutura que irá coordenar as ações nas terras Yanomamis.”, iniciou o parlamentar.

“Isso me parece mais uma cena para dar uma satisfação para as ONGs e para a imprensa internacional sobre a situação dos Yanomamis. A pirotecnia em torno dessa questão não ajuda em nada e não ameniza sequer os problemas enfrentados pelos Yanomamis. A prova disso é que mesmo após o primeiro show feito por esse atual governo no começo do ano passado, onde gastaram cerca de um bilhão de reais, morreram mais Yanomamis em 2023 do que em 2022. E o governo prepara mais um show pirotécnico para dar satisfação para outros países e para as ONGs. Deus queira que as medidas anunciadas nesta quinta-feira pela comitiva de ministros não sejam mais paliativas para esconder a realidade enquanto o problema real não é enfrentado.”, acrescentou o senador.

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas