AO VIVO
Legislativo - 17 de dezembro de 2023
Foto:

Justiça decide manter prisão de Telmário Mota

A medida também foi estendida aos dois suspeitos e mantém a continuidade de medidas cautelares à amiga do ex-senador

Por: Leon Furtado
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O Tribunal de Justiça do Estado de Roraima (Tj-RR) decidiu manter a prisão temporária do ex-senador Telmário Mota. Ele foi detido por suspeita de ordenar o assassinato da mãe filha dele, que chegou a acusá-lo de estupro antes das eleições, em 2022. Antônia Araújo de Souza, que na época tinha 52 anos, foi assassinada três dias antes de depor na mesma investigação. O ex-senador mantém negação de envolvimentos nos dois delitos.

Decisão

A ordem judicial recente, que não define um prazo específico de detenção, baseou-se na possibilidade de que a liberdade do acusado prejudicasse as investigações, dada a influência política de Mota. Ele já havia expressado conhecimento sobre as ações tomadas contra ele e a gravidade da acusação de estupro contra sua filha. A decisão anterior, emitida em 8 de novembro, estabelecia uma detenção de 30 dias. A nova determinação mantém medidas cautelares e inclui uma tornozeleira eletrônica para Cleidiane Gomes da Costa, amiga do ex-senador suspeita de colaborar na vigilância da vítima. Também permanecem detidos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Roraima:

– Harrison Nei Correa Mota, apelidado de Ney Mentira, sobrinho do ex-senador e suspeito de arquitetar o crime;
– Leandro Luz da Conceição, acusado de realizar o disparo que resultou na morte de Antônia.

Na quinta-feira, 14, Telmário Mota foi levado da prisão para depor por quase três horas na sede do Draco (Distrito de Repressão às Ações Criminosas Organizadas), onde negou as acusações antes de ser reconduzido à prisão.

roraima #Prisão telmário mota Ex-senador

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

23/02
15:04

“FORA DA CURVA”

“Amom é um político ‘fora da curva’, diferenciado e um grande fenômeno no estado do Amazonas. Agregar apoio político e popular aos 23 anos de idade é algo que ocorre de tempos em tempos.” O comentário foi feito na manhã desta sexta-feira (23), no evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Amom Mandel (Cidadania) a prefeito de Manaus, à reportagem do site O Poder.com pelo experiente político e membro do PSDB-AM, Humberto Michiles.

23/02
14:46

VICE DE AMOM?

O pré-candidato oficial da Federação PSDB-Cidadania, deputado federal Amom Mandel, tem a liberdade de escolher quem será seu vice na chapa à prefeitura de Manaus, sem nenhuma intervenção dos partidos e apoiadores de sua campanha. A afirmação foi feita pelo senador Plínio Valério, presidente da federação, em entrevista ao site OPoder.com. Amom afirmou que as conversas estão avançadas, mas ainda não há um nome definido.

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

Ver mais >>

Programas