AO VIVO
Legislativo - 22 de novembro de 2021
Foto:

Ex-servidora denuncia: Dermilson mantém ‘gabinete do ódio’ com dinheiro público

Conforme a delação da ex-servidora, Dermilson Chagas, obrigava outros servidores a se envolverem no ato ilícito, espalhando os conteúdos, sob pena de perderem seus empregos.

Por: Álvaro Corado
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

No dia 10 de setembro deste ano, a Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes Cibernéticos (Dercc) recebeu a denúncia de que o deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido) estaria mantendo com dinheiro público uma estrutura para criar conteúdos ofensivos com o objetivo de atacar a honra de seus adversários. Entre as vítimas, seus inimigos políticos, como o governador Wilson lima e até outros deputados, que, mesmo tidos com ‘amigos’ viravam alvo pois desagradavam, em alguns momentos, os interesses do parlamentar.

whatsapp image 2021 11 23 at 10.50.12

O presidente da ALEAM, Roberto Cidade, e o governador Wilson Lima são alvos do ‘gabinete do ódio’

As provas, uma dezena de videos, montagens em foto e prints de conversa em aplicativo de mensagem, foram entregues pela delatora à polícia, uma ex-servidora do alto escalão do gabinete de Dermilson, que trabalhava há 5 anos com o deputado e pediu exoneração em meados deste ano.

No depoimento ela explicou como coordenava pessoalmente os ataques e como estruturou, a pedido do deputado, uma espécie de ‘gabinete do ódio’, algo similar ao que a Polícia Federal (PF) já investiga em âmbito nacional,  no qual são produzidos diariamente conteúdos ofensivos e fake news (notícias falsas), para distribuição em massa nas redes sociais e aplicativos de mensagem.

A estrutura, segundo ela, é mantida financeiramente com dinheiro do gabinete, ou seja, dinheiro público. Ela relata que uma equipe foi formada por um designer e um editor de vídeos e que eles, juntos movimentavam a estrutura de difamação, construindo e editando diariamente conteúdos em audiovisual, além de memes jocosos e ofensivos contra o governador e outros deputados também.

No depoimento ela chegou a confessar ter cometido o crime de falsa identidade (se passar por uma pessoa que não é) e de ter praticado, ela mesma, a pedido do deputado Dermilson, os crimes de calúnia e difamação tipificados nos artigos 138, 139 e 140 do código penal Brasileiro, contra o governador do Amazonas Wilson Lima e outros políticos locais.

whatsapp image 2021 11 23 at 10.57.11

O deputado Delegado Péricles também é alvo do ‘gabinete do ódio’

A denunciante, que tem seu nome preservado nesta reportagem por questões de segurança, trabalhava desde 2016 no gabinete do parlamentar amazonense e em 2021 passou a comandar as ações criminosas lá de dentro. Segundo ela, foram dezenas de mensagens ao longo do tempo, produzidas em vídeo ou em fotos e depois direcionadas por ela e equipe,  para a população em geral, para deputados e para diversos grupos políticos, através de listas de transmissão, tudo, sob a orientação e comando do deputado estadual. Na delação, a vítima descreveu ainda que sofria humilhações constantes e que outros servidores do gabinete também eram ameaçados de demissão e perseguidos quando não publicavam ou compartilhavam as mensagens falsas.

whatsapp image 2021 11 23 at 10.51.50

A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM) também foi alvo do deputado Dermilson Chagas

Em julho de 2021, a servidora pediu exoneração do cargo como descrito no depoimento “por não aguentar mais as pressões e humilhações”. Segundo ela, o estopim se deu após Dermilson solicitar que ela tirasse fotos da rotina íntima de um outro Deputado, se aproveitando da proximidade familiar que ela tinha com o outro parlamentar. Ela então decidiu bloquear Dermilson nos aplicativos de mensagem, conforme print de mensagens que os dois trocaram à época e que o site O PODER teve acesso. Por medo de represálias, ela decidiu mudar de cidade após as denúncias.

Até o fechamento desta reportagem, o deputado Dermilson Chagas não havia respondido às denúncias feitas por sua ex-servidora.

*Matéria atualizada nesta terça-feira (23) para acréscimo de informações

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas