AO VIVO
Legislativo - 04 de novembro de 2023
Foto: Erica Canepa/Bloomberg/Getty Images

Eleições na Argentina: Milei 52% e Massa 48%, mostra pesquisa

Resultados apontam empate técnico, mas candidatos têm desafios distintos

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Na contagem dos votos válidos para as eleições presidenciais da Argentina, a primeira pesquisa da Atlas Intel após o primeiro turno, realizada a pouco mais de duas semanas do segundo turno em 19 de novembro, indica que Javier Milei, candidato do partido A Liberdade Avança, lidera com 52%, enquanto o atual ministro da Economia, Sergio Massa, do peronismo, acumula 48%. Entretanto, ao considerar os votos totais, Milei obtém 48,5% e Massa 44,7%, dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, configurando um empate técnico.

Segundo o instituto de pesquisa, que anteriormente previu a vitória parcial de Massa no primeiro turno, 3.218 eleitores foram ouvidos através de um questionário online entre os dias 1º e 3 de novembro. A pesquisa também revela que 2,5% dos eleitores ainda estão indecisos, 2,9% pretendem votar em branco e 1,4% planejam anular seus votos.

De acordo com a pesquisa, Milei é percebido como o candidato mais apto para enfrentar desafios como o combate à violência, a redução da corrupção, o estímulo ao crescimento econômico, a criação de empregos, o controle da inflação e a diminuição da pobreza. Contudo, ele fica atrás quando se trata da defesa das instituições democráticas e dos direitos humanos.

O levantamento também mostra que Milei possui maior apoio entre eleitores do sexo masculino, com 53% de preferência, em comparação com 45% entre eleitoras do sexo feminino. Já Massa conquista uma parcela maior do voto feminino, com 47% do total, enquanto os eleitores do sexo masculino o apoiam em 42%.

Além disso, entre os eleitores mais jovens, com idades entre 16 e 24 anos, Milei desfruta de um forte apoio, com 61% das intenções de voto. Por outro lado, Massa é amplamente apoiado por pessoas com idades entre 35 e 44 anos, obtendo 55% das intenções de voto nessa faixa etária.

No que diz respeito às propostas dos candidatos, as ideias polêmicas de Milei enfrentam resistência na população. A dolarização da economia, por exemplo, é rejeitada por 49% dos argentinos. Outras ideias, como a venda de órgãos para transplante e a liberação da compra de armas, também não são bem recebidas pela maioria, com 78% dos eleitores demonstrando desacordo.

Por outro lado, Massa enfrenta uma situação desfavorável com altas taxas de percepção negativa. Os eleitores expressam preocupação em relação ao aumento da criminalidade, à corrupção e à situação econômica do país. Além disso, quase metade do eleitorado, 49%, atribui ao ministro a responsabilidade pela escassez de combustível e pelo aumento de preços, em meio à crise de combustíveis que afeta a Argentina.

inflação Empate técnico Propostas dos candidatos Corrupção Votos válidos Venda de órgãos violência Indecisos Compra de armas Segundo turno Dolarização da economia Criminalidade Gênero Crescimento econômico Escassez de combustível Eleições na Argentina Pobreza Aumento de preços Pesquisa Eleitoral Javier Milei Instituições democráticas Atlas Intel Direitos Humanos Sergio Massa Faixa etária

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas