AO VIVO
Legislativo - 05 de dezembro de 2023
Foto: Reprodução

‘Declaração irresponsável e mentira’, dispara vereador contra secretário

O parlamentar destaca contradição do secretário que prometeu reparos pós-enchente em janeiro de 2021; análise inclui avaliação das movimentações políticas de Renato Júnior e Rodrigo Guedes para 2024

Por: Leon Furtado
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Durante a sessão plenária desta terça-feira (05) na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Rodrigo Guedes (Podemos) não poupou críticas ao atual secretário municipal de infraestrutura (Seminf), Renato Júnior, por suas declarações em relação à reforma da feira do Santo Antônio, em 2021. Guedes trouxe à tona uma entrevista concedida pelo secretário em janeiro de 2021, na qual ele assegurava que, diante dos problemas causados pelas calhas entupidas na feira do Santo Antônio devido à chuva, os reparos seriam realizados e as reformas estavam em processo licitatório. O secretário afirmou na época que o projeto dos serviços estava pronto desde dezembro de 2020 e que, em 45 dias após o ocorrido, o processo licitatório seria iniciado. No entanto, segundo o vereador, tais promessas não foram cumpridas, o que motivou a crítica contundente durante a sessão plenária e classificou como declaração ‘irresponsável e mentira’.

” O secretário mentiu para os feirantes, simplesmente mentiu, não tem o que dizer, inclusive não há nenhuma justificativa para um atraso de dois anos […] esse tipo de declaração irresponsável e mentirosa tem que acabar. A gente não pode ser condivente com isso, porque quando se diz, você parte do princípio que o secretário está falando verdade. Quando se dá uma entrevista dizendo que a obra vai começar em quarenta e cinco dias, os feirantes acreditam. Agora, a gente viu que ele falou, inclusive, que não vai ser fácil de acreditar e ele mostrou que não tinha como acreditar mesmo, não tinha como acreditar nas palavras dele”, criticou.

A presença do secretário Renato Júnior nas redes sociais também foi criticada pelo vereador Diego Afonso (UB). O vereador mencionou que alguns gestores precisam focar menos presença em redes sociais, como Instagram, e dedicarem esforços reais para melhorar as condições de vida da população.

“Não é de diretores ou secretários de internet ou de mídia porque agora parece que ficou mais fácil mostrar que faz alguma coisa no Instagram, nas redes sociais, tomar coragem de alguns através, escondido através de teclado. Até é admirável que alguns secretários venham aqui a essa casa, né, para discutir orçamento, para explicar matérias sobre a tomada de empréstimos”, pontuou.

Articulações políticas?

Ao contrário das informações que circulam nos bastidores da política, em conversa com o site O Poder, o analista político Anderson Fonseca não acredita que as críticas de Guedes possam esconder estratégias políticas para o pleito do próximo ano. Ele enfatizou a oposição do parlamentar ao executivo municipal e seu papel como fiscalizador, especialmente, em questões de desvios e uso do dinheiro público. A atual movimentação do político, visando uma possível candidatura futura, não é oportunista, mas sim resultado de um trabalho contínuo ao longo de sua legislatura.

Ainda a respeito da aspiração de Renato Júnior à uma candidatura para o cargo de vereador nas eleições 2024, Fonseca avaliou que a realidade mostra uma posição mais vulnerável devido à exposição dos documentos/ declarações que apontam sua inação em situações críticas. A conclusão dele é que, se há alguma peça no “xadrez” político que precisa de movimentação, é a própria prefeitura e aqueles responsáveis por agir em benefício da população.

“Não é de hoje que ele (Guedes) é oposição, que ele tem sido um ardente combatente no que diz respeito a fiscalização, as questões de desvios, a utilização do dinheiro público, dentre outras situações. Essa movimentação que está se vendo agora é o resultado de um trabalho que já vem sendo realizado, não é de hoje. E aí, obviamente, o ano eleitoral está chegando e aí os holofotes acabam também se voltando para essa circunstância, mas como uma consequência, eu acredito que como uma consequência, não como uma causa dessa movimentação do Rodrigo Guedes, em relação ao que aconteceu ali na feira do Santo Antônio”, avaliou.

E acrescentou:

“Nesse momento, quem, eventualmente, pode se sentir ameaçado é o próprio secretário. Tendo em vista que existem documentos, como está sendo mostrado pelo próprio Rodrigo Guedes, de diversas situações em que ele deveria ter agido, que utilizou, de alguma forma, ali, quem sabe, eleitoreira. Ou, de alguma maneira, tentando promover, não somente a sua secretaria, mas o prefeito e nada foi feito. E, agora, está se colhendo os frutos dessa circunstância”, concluiu.

Incêndio em feira

Um incêndio de grandes proporções atingiu a Feira do Santo Antônio, localizada na Zona Oeste de Manaus, na madrugada de segunda-feira (4). De acordo com informações dos permissionários, o fogo começou após um curto-circuito. Aproximadamente 18 boxes foram atingidos pelo fogo, além das colunas e parte do telhado. Não houve registro de feridos.

eleições 2024 #Rodrigo Guedes Renato Júnior incendio Anderson Fonseca Feira

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas