AO VIVO
Legislativo - 22 de abril de 2022
Foto:

Após TCU, TCE também rejeita denúncia de deputados contra Wilson Lima

Dermilson Chagas e Wilker Barreto pediram a suspensão do contrato de reforma e modernização da estrada AM-010

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Após o Tribunal de Contas da União (TCU-AM) negar o pedido de medida cautelar que apontava denúncias de irregularidades e solicitava a suspensão do contrato de reforma e modernização da estrada AM-010, que liga Manaus ao município de Itacoatiara, o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) também indeferiu a denúncia, com o mesmo teor, formulada pelos deputados Dermilson Chagas (Republicanos) e Wilker Barreto (Cidadania) contra o governador Wilson Lima (União Brasil).

A decisão monocrática foi publicada na última terça-feira (19), no Diário Oficial Eletrônico da Corte de Contas. Ao contrário do TCU, a Corte de Contas estadual recebeu o pedido de medida cautelar proposto de forma conjunta pelos deputados, que apontaram “possíveis irregularidades na Concorrência nº 002/2021-CSC, cujo objetivo é a contratação de obras na rodovia estadual”.

Entre as irregularidades, está a alegação de que o processo licitatório que antecedeu o contrato tem indícios de favorecimento. A conselheira relatora Yara Lins, no entanto, indeferiu o pedido e alegou a inexistência do pressuposto do “fumus boni iuris” alegado na denúncia, que seria necessário para a adoção da ação. A expressão latina, que significa “fumaça do bom direito”, é usada quando há motivos ou indícios de que a pessoa que está alegando algo em juízo tem direito ao que está pedindo.

Denúncia rejeitada

Na publicação, Yara Lins entendeu ainda que “o prejuízo causado pela suspensão do contrato rechaçado poderia ser superior aos benefícios que uma medida nesse sentido pudesse trazer”, uma vez que a modernização da rodovia busca valorizar a produção rural dos municípios cortados pela estrada, facilitando o escoamento da produção de alimentos e gerando renda para as famílias rurais.

Em janeiro deste ano, os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU), por unanimidade, indeferiram o pedido de medida cautelar formulado pelo deputado Dermilson Chagas sobre possíveis irregularidades na execução do Contrato 27/2021, firmado entre a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra-AM) e o Consórcio AM-010, para modernização da rodovia estadual. Mais uma vez a denúncia foi rejeitada.

O contrato foi firmado em 1º de julho de 2021, pelo valor de R$ 366 milhões e com vigência de 22 meses. O TCU considerou que, apesar de que os indícios de irregularidade se revestirem de risco, materialidade e relevância, eles não demandam a atuação da Casa. Além disso, para a Corte de Contas da União, as “falhas executivas identificadas podem ser resolvidas por meio do encaminhamento dos fatos à Seinfra-AM para adoção de providências internas de sua alçada”.

#TCE #TCU

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas