AO VIVO
Poder Judiciário - 06 de setembro de 2023
Foto:

Toffoli abala credibilidade do Judiciário brasileiro ao acusar ‘armação’ na prisão de Lula

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, surpreendeu ao fazer acenos ao ex-presidente Lula (PT), com quem teve desgastes nos últimos anos

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, surpreendeu ao fazer acenos ao ex-presidente Lula (PT), com quem teve desgastes nos últimos anos. Ele alegou que a prisão de Lula foi uma armação e, mais do que isso, um dos “maiores erros judiciários da história do país”. Ele ainda descreveu como o “verdadeiro ovo da serpente dos ataques à democracia”

Toffoli proibiu o uso das provas dos acordos de leniência da Odebrecht, bem como dos sistemas de comunicação interna (Drousys) e de contabilidade e controle de pagamentos de vantagens indevidas (MyWebDay) em qualquer instância judicial.

O ministro argumentou que essa “trama” foi arquitetada como parte de um projeto de poder por certos agentes públicos, que agiram de maneira aparentemente legal, mas contrária à lei.

A defesa de Lula no caso é conduzida por Valeska Zanin Martins, esposa do ministro Cristiano Zanin, que atuou como advogado do ex-presidente nos processos da Lava Jato.

A declaração do ministro Dias Toffoli, sobre a prisão do ex-presidente Lula certamente não passou despercebida. Essas afirmações são, no mínimo, controversas e levantam questões preocupantes.

Primeiramente, é importante lembrar que o processo legal que levou à prisão de Lula passou por diversas instâncias judiciais, com decisões baseadas em evidências e argumentos apresentados pelas partes envolvidas. Essas decisões foram analisadas por magistrados de diferentes instâncias e, em última análise, pelo próprio STF. Alegar que todo o processo foi uma armação sugere que todo o sistema judicial brasileiro falhou de forma deliberada, o que é uma acusação séria e problemática.

Além disso, a declaração de Toffoli também levanta preocupações sobre a independência e imparcialidade do Poder Judiciário. Ao fazer tais comentários em relação a um caso específico, o ministro parece tomar partido e emitir julgamentos precipitados, o que é contrário ao papel do Judiciário como um árbitro neutro e imparcial.

É importante lembrar que as decisões judiciais devem ser baseadas em evidências e argumentos legais, não em declarações políticas ou sentimentos pessoais. A independência do Poder Judiciário é fundamental para a democracia e o Estado de Direito, e as declarações de Toffoli podem levantar dúvidas sobre essa independência.

Em última análise, a declaração do ministro Toffoli sobre a prisão de Lula pode ter repercussões significativas, não apenas em relação a esse caso específico, mas também no que diz respeito à confiança da população no sistema judicial brasileiro e à integridade das instituições democráticas do país.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas