AO VIVO
Poder Judiciário - 06 de dezembro de 2021
Foto:

TJAM divulga portarias sobre serviços no período de recesso Judicial e Administrativo

As portarias, assinadas pelo presidente do TJAM, desembargador Domingos Chalub, foram disponibilizadas no Diário da Justiça Eletrônico da última quinta-feira (2), nas páginas 8 e 9 do Caderno Administrativo

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Jorge Chalub Pereira, divulgou duas portarias referentes ao período de recesso, disponibilizadas no Diário da Justiça Eletrônico da última quinta-feira (2), nas páginas 8 e 9 do Caderno Administrativo. A primeira portaria, n. 2.327/2021, regulamenta o recesso forense no período de 20 de dezembro 2021 a 6 de janeiro de 2022, assegurado o atendimento aos casos urgentes por meio do sistema de plantão judiciário.

De acordo com a norma, “o recesso forense importa em suspensão dos prazos processuais cíveis e publicação de acórdãos, sentenças e decisões, bem como intimação de partes, advogados e Ministério Público, na primeira e segunda instâncias, exceto com relação às medidas consideradas urgentes”.

A medida observa, ainda, que o Código de Processo Civil (artigo 220) prevê a suspensão dos prazos processuais cíveis, com início em 20 de dezembro de 2021 e término em 20 de janeiro de 2022, período em que não serão realizadas audiências nem sessões de julgamento cíveis.

Já no caso dos processos da área criminal, que sejam submetidos ao regime do Decreto-Lei Federal n. 3.689/1941 (Código de Processo Penal), os prazos processuais vencidos no curso do recesso forense serão prorrogados até o dia útil imediato, ou seja, 7 de janeiro de 2022, conforme o calendário estabelecido pela Portaria n. 1.981, de 26 de outubro de 2021. No período de 7 a 20 de janeiro de 2022, os processos de competência criminal tramitarão normalmente.

A portaria também destaca que durante o recesso forense não haverá suspensão dos prazos processuais, das audiências e das sessões de julgamentos relativos aos processos criminais, e define que nas Comarcas de Vara Única não haverá recesso judiciário e nas Comarcas com mais de uma Vara deverá haver revezamento entre elas, nos termos do art. 7º da Resolução TJAM n. 07/2016.

Serviços administrativos

A segunda Portaria, de n. 2.328, trata do expediente nos setores administrativos do TJAM durante o recesso forense, de 20 de dezembro de 2021 a 6 de janeiro de 2022, que ocorrerá com escala de revezamento entre os servidores, incluídos os que estiverem em teletrabalho. Esta escala deverá ter no mínimo de 30% do quadro de cada unidade administrativa, excluídos os estagiários.

Segundo a portaria, nas unidades em que não esteja estabelecido o plantão administrativo, os servidores que forem escalados para atribuições durante o recesso forense farão jus a folgas em número idêntico aos dias trabalhados, permitindo-se o parcelamento do período para a sua fruição.

O registro de frequência dos servidores será aferido na forma do artigo 4º, da Portaria n. 1.815, de 8 de outubro de 2021, e para efeito de compensação, o atendimento ao expediente administrativo e a respectiva carga horária do servidor escalado será atestada pelo superior hierárquico até o dia 15 de janeiro de 2022. O gozo das folgas compensatórias deverá ocorrer até 19 de dezembro de 2022, por requerimento, sob pena de decadência.

De acordo com a portaria, são inacumuláveis em uma mesma unidade a concessão de plantão e folgas pela execução dos trabalhos durante o recesso forense. As escalas elaboradas para a realização das atividades deverão ser encaminhadas à Secretaria de Gestão de Pessoas até o dia 10 de dezembro de 2021, pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI), com a informação do telefone de contato do responsável pela unidade, bem como dos servidores escalados, preferencialmente pela plataforma WhatsApp business.

Importa destacar que, como não haverá suspensão do expediente administrativo, mas sim sua realização em escala de revezamento entre os servidores (art. 1º da Portaria n. 2.328/21), os prazos administrativos continuam a correr normalmente, consoante o art. 69, §1º da Lei Estadual n. 2.794, de 6 de maio de 2003.

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas