AO VIVO
Poder Judiciário - 01 de março de 2024
Foto: Foto: Reprodução

TCE-AM apura denúncia de irregulares em contratações e concurso público de Envira

A denúncia em questão envolve a contratação de mão de obra terceirizada na área da saúde, a realização de um concurso público e a suposta não convocação dos aprovados.

Por: Ana Patrícia Dias
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

A Câmara Municipal de Envira apresentou ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), um denúncia acompanhada de um pedido de medida cautelar, alegando possíveis descumprimentos de normas constitucionais e fraudes a um Termo de Ajuste de Conduta firmado com o Ministério Público Estadual.

Os autos foram distribuídos ao gabinete do auditor, Conselheiro Substituto, Mário José de Moraes, que atua como Relator do Município de Envira para o Biênio 2022/2023.

Conforme o documento apresentado, a denúncia em questão envolve a contratação de mão de obra terceirizada na área da saúde, a realização de um concurso público e a suposta não convocação dos aprovados, em desacordo com um Termo de Ajustamento de Conduta. A Câmara alega que as contratações terceirizadas excedem o previsto na legislação e que o concurso público não contempla todas as vagas necessárias.

A denúncia foi baseada no instituto da Representação, um instrumento que visa apurar irregularidades na Administração Pública. A Câmara Municipal de Envira foi considerada válida para apresentar a denúncia, conforme estabelecido na Resolução n. 04/2002.

O relator destaca a necessidade de uma análise mais aprofundada dos fatos apresentados, ressaltando a importância de ouvir todas as partes envolvidas antes de tomar qualquer decisão. Ele fundamenta sua posição citando a Resolução n°. 03/2012, que estabelece os procedimentos para concessão de medidas cautelares.

Diante da ausência de evidências sólidas para embasar uma decisão imediata, o relator Mário José de Moraes optou por não conceder a cautelar de imediato. Ele determina a remessa dos autos à GTE – Medidas Processuais Urgentes para as devidas providências, incluindo a notificação da Prefeitura Municipal de Envira para apresentar documentos e justificativas.

|Se o Tribunal Pleno, o Presidente ou o Relator entender que antes de ser adotada a medida cautelar deva o responsável ser ouvido, o prazo para a resposta será de até 5 (cinco) dias úteis|, diz trecho do documento, publicado no Diário Oficial Eletrônico do TCE-AM, nessa quinta-feira (29/02).

Após o cumprimento das determinações, os autos serão retornados ao relator para análise da medida cautelar pleiteada.

Ao portal O Poder, a advogada do município de Envira, Flávia Andreola, afirmou que |a representação da Câmara é apenas uma manobra política|.

|Esse pregão é para atender à demanda do hospital local. A unidade hospitalar pertence ao Estado e por força de um termo de compromisso assinado na gestão passada, parte do gerenciamento da unidade passou para o município, porém as despesas com pessoal são do Estado. Ocorre que nem sempre são disponibilizados profissionais suficientes para garantir o atendimento da população e para suprir a carência de profissionais destacados pelo Estados, sendo assim, o município licitou a terceirização de serviços médicos hospitalares|, explicou a advogada.

Além disso, Flávia Andreola, esclareceu sobre o concurso público citado na denúncia contra o município.

|O município não pode realizar concurso para prover vagas destinadas ao hospital e enquanto aguarda um posicionamento do Estado para lotar profissionais em número suficiente para o atendimento da população, o município supre a demanda com a contratação terceirizada. Quanto ao concurso público, as vagas são destinadas ao atendimento da atenção básica primária, de responsabilidade do município. Então os aprovados serão lotados nas unidades de saúde pertencentes à rede municipal|, pontuou.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas