AO VIVO

Segundo startup norte-americana, beber café é racismo

Empresa alega que indústria se desenvolveu com base em opressão dos negros pelos brancos

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MUNDO |

Beber café é racismo, de acordo com a startup norte-americana Afru. Em artigo publicado nas redes sociais, a empresa argumenta que o consumo da bebida “perpetua a supremacia branca”. Isso porque o modo de produção do cereal teria se sustentado por meio da opressão dos negros pelos brancos.

“Desde o momento em que os brancos roubaram cruelmente o café dos negros e pardos até a atual ‘Karen’ tomando sua xícara matinal de supremacia branca, os brancos foram capazes de beber impunemente os frutos de nosso trabalho e de nossa cultura”, diz um trecho da publicação.

Mas não para aí. A startup norte-americana também afirma que os brancos estariam consumindo alimentos “sem graça, como pão simples e mingau, se não fosse pelo roubo de segredos culinários dos negros”. Esse seria um dos motivos por que os brancos teriam se “apropriado da civilização negra”, segundo os autores do texto.

“Máquina capitalista colonial”

A Afru relata que o café chegou pela primeira vez à América do Norte e à Europa entre 1650 e 1700. Mas o grão já era importante para a cultura negra desde 1400, na Etiópia. A empresa argumenta que, “depois de os brancos darem o primeiro gole da iguaria negra, eles escravizaram brutalmente as pessoas de cor”. E teriam transformado uma bebida ritualística “em mais um produto de consumo da máquina capitalista colonial”.

A startup norte-americana não está sozinha. De acordo com a Urnex, empresa fabricante de equipamentos de café, a indústria do grão se desenvolveu por meio da supremacia branca. “Depois que os holandeses roubaram o café da África, os europeus forçaram os negros e os indígenas à escravidão, para cultivá-lo em terras colonizadas”, afirma a companhia.

Como solução, a Afru defende o boicote ao café. A menos que o consumidor seja etíope.

Com informações de Revista Oeste*
Foto: Divulgação

#Racismo startup Café norte-americana

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas