AO VIVO
Poder Judiciário - 09 de novembro de 2023
Foto: Divulgação

Indígenas se reúnem para falar sobre extração de potássio em Autazes

Em setembro deste ano, durante uma reunião na sede do governo do Amazonas, as lideranças da etnia Mura expressaram seu apoio ao avanço na exploração de potássio em Autazes

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Líderes e representantes de 29 comunidades indígenas do município de Autazes, localizado a 113 quilômetros de Manaus, no Amazonas, reuniram-se no início da tarde desta quinta-feira (9) para discutir o Projeto Potássio Autazes e seu atual status. O encontro contou ainda com a presença do corpo jurídico do povo indígena Mura, do prefeito de Autazes, Andresson Cavalcante (União Brasil), do vice-prefeito de Autazes, Marcelo Tupinambá (Republicanos) e do ex-prefeito de Autazes, Wanderlan Sampaio.

Em setembro deste ano, durante uma reunião na sede do governo do Amazonas, as lideranças da etnia Mura expressaram seu apoio ao avanço na exploração de potássio em Autazes. Na ocasião, os indígenas entregaram ao governador Wilson Lima (União Brasil) a ata e o relatório assinados pelos indígenas das comunidades de Autazes, formalizando o consentimento para a continuidade do Projeto Potássio Autazes.

O Tuxaua do Lago do Periquitão, destacou na reunião que os Muras não são um empecilho para a implantação do projeto. “É fácil eu falar sobre esse empreendimento aqui em Autazes. Todos os meus irmãos, parentes e lideranças indígenas sempre souberam da minha opinião favorável ao projeto. Graças à Deus, hoje, os nossos irmãos e parentes aderiram também a essa causa, e estamos todos juntos. Nós estamos juntos, estamos lutando para que esse empreendimento venha acontecer porque sabemos que isso é para o município de Autazes um grande avanço na nossa economia, então chega de dizer que o povo Mura é um empecilho para o desenvolvimento de Autazes”, disse o Tuxaua.

Ao expressar sua opinião sobre o assunto, o vice-prefeito de Autazes, Marcelo Tupinambá (Republicanos) afirmou que o projeto é um sonho que está se tornando realidade e lembrou da empregabilidade local que o projeto criará. “Desde de 2012, praticamente, graças agora à união dos povos do município de Autazes, que Autazes tá ganhando com isso. Então, a gente fica feliz por fazer parte deste momento. Essa vai ser a nossa redenção, a luta foi de todos e hoje se tornou realidade. Hoje o nosso gargalo maior na gestão pública é geração de emprego e renda, e essa geração de emprego e renda vai vir através do potássio”, afirmou Tupinambá.

O prefeito de Autazes, Andresson Cavalcante, afirmou durante pronunciamento na reunião, o apoio da prefeitura de Autazes ao projeto de mineração. “Eu estava vereador quando tudo começou em 2009 e acompanhei algumas audiências públicas antes de forma opinião, e eu vivi isso em três momentos, como vereador, como cidadão de Autazes e agora como gestor já no segundo mandato. Posso falar com muita propriedade porque a prefeitura e o gestor Andresson são a favor do projeto potássio. Entendo que ele [projeto] é necessário não apenas para Autazes, ele tem uma importância nacional. O país depende desse projeto, o agronegócio brasileiro depende desse projeto”, ressaltou Andresso.

Potencial do Município
Autazes detém uma das maiores jazidas de potássio do mundo. De acordo com uma pesquisa mineral realizada no município, Autazes possui uma reserva mineral de mais de 170 milhões de toneladas de cloreto de potássio, representando um potencial de expansão para atender 50% do consumo brasileiro até 2030.

Foto: Divulgação

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas