AO VIVO
Poder Judiciário - 02 de outubro de 2020
Foto:

Domingos Chalub descumpre determinação do CNJ e volta a contratar temporários

Ao todo, o presidente do TJAM contratou, por oito meses, 20 servidores temporários, dentre eles, alguns que já haviam sido dispensado por estarem na Corte de Justiça, por mais de 4 anos, o que é contra a lei

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Um dia após dispensar 118 servidores temporários por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Chalub, decide descumprir a decisão do órgão fiscalizador, não convoca aprovados em concurso público e contrata, para os seus lugares, 20 servidores temporários, conforme consta no Diário da Justiça Eletrônico (DJe), desta sexta-feira (2). A prática já vinha sendo denunciada com frequência pelo site O PODER.

Segundo o DJe, Chalub resolveu contratar, pelo prazo de oito meses, 20 auxiliares judiciários das mais diversas profissões. Dentre elas, jornalistas, enfermeiros, designer, relações públicas, gestores de eventos e mestre de cerimônia – sendo que, atualmente, o TJAM está funcionando em sistema remoto e todos os eventos presenciais estão suspensos por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Para justificar a contratação dos gestores de eventos e afins, o desembargador-presidente afirma que “os serviços prestados por esses profissionais são essenciais à manutenção do funcionamento do Poder (…), em face do retorno gradual às atividades presenciais, nele compreendido a organização, execução e acompanhamento dos protocolos epidemiológicos e sanitários”, além de “que se encontra em andamento os procedimentos licitatórios necessários à terceirização das atividades de cerimonial deste tribunal, através da celebração do competente contrato administrativo”.

O que chama a atenção, é que na lista dos contratados para o setor de Cerimonial do TJAM, estão nomes que já haviam sido dispensados, na quinta-feira (1), por estarem no Poder Judiciário Estadual por mais de 2 anos, de acordo com a parecer do corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins.

Segundo a Lei Estadual n. 2.607/2000 art. 4º, que define que o prazo para esse tipo de contratação, a saber, é de 12 a 48 meses, sendo proibida a recontratação pelo prazo mínimo de 1 ano. Ou seja, esses mesmos profissionais só poderiam ser recontratados 1 ano após a sua dispensa.

Em breve levantamento feito pelo site O PODER, os 20 servidores vão gerar para o TJAM uma despesa de, aproximadamente, R$ 100 mil por mês, levando em consideração que cada um receberá a quantia de R$ 4.942,48, valor pago ao cargo de auxiliar judiciário.

Ainda constam 24 aprovados no concurso público de 2019 que não foram nomeados e nem empossados pelo presidente do TJAM. No dia 13 deste mês, às 10h, os aprovados no certamente irão realizar uma manifestação em frente a sede do Poder Judiciário, na Avenida André Araújo, bairro Aleixo, reinvidicando o direito de nomeação e posse.

 

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas