AO VIVO

Aliado de Lula, presidente da Nicarágua declara ordem dos jesuítas ilegal no país

O regime de Daniel Ortega declarou ilegal a ordem religiosa dos jesuítas e ordenou o confisco de todos os seus bens

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O governo da Nicarágua declarou ilegal a ordem religiosa dos jesuítas e ordenou o confisco de todos os seus bens.

A medida foi tomada uma semana depois do governo do presidente, Daniel Ortega, confiscar todos os bens da Universidade da América Central, administrada precisamente pela Companhia de Jesus na Nicarágua, argumentando que se tratava de um “centro de terrorismo”.A ordem de confisco publicada na quarta-feira alegava que a ordem católica romana não cumprira as obrigações fiscais.

Esta foi a última de uma série de ações cada vez mais autoritárias do governo nicaraguense contra a Igreja Católica e figuras da oposição. A ordem jesuíta condenou as medidas.

A Universidade da América Central, na Nicarágua, foi o centro dos protestos de 2018 contra o regime de Ortega.

Após o anúncio da semana passada, a Companhia de Jesus da América Central disse em comunicado: “Esta é uma política governamental que viola sistematicamente os direitos humanos e parece ter como objetivo a consolidação de um Estado totalitário”.

Desde dezembro de 2021, pelo menos 26 universidades nicaraguenses foram encerradas e os seus bens confiscados por ordem do governo de Ortega com um procedimento semelhante. Sete delas eram instituições estrangeiras.

Em abril, o Vaticano encerrou a sua embaixada na Nicarágua depois do governo da Nicarágua ter proposto a suspensão das relações diplomáticas.

Duas congregações de freiras, incluindo a ordem das Missionárias da Caridade, fundada por Madre Teresa, foram expulsas da Nicarágua no ano passado.

As expulsões, os encerramentos e o confisco não têm visado apenas a Igreja. A Nicarágua ilegalizou ou encerrou mais de 3.000 grupos cívicos e organizações não-governamentais.

Relação Lula-Ortega

Vale lembrar que o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) uma vez propôs ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) o estabelecimento de um “diálogo construtivo” com o regime da Nicarágua.

Em março deste ano, o petista não assinou declaração conjunta contra os crimes cometidos pelo regime de Daniel Ortega, antigo aliado de Lula. O documento foi assinado por 55 países, incluindo governos latino-americanos de esquerda. Segundo diplomatas da gestão petista, o governo federal não concordou em assinar um documento com sanções a Ortega sem ao menos tentar um acordo.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas