AO VIVO

Yanomami: Saúde do Amazonas realiza mais de 1 mil ações em comunidades indígenas

Ação integra resposta à crise sanitária na região de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Em duas semanas atendendo às ações de Emergência de Saúde Pública em território Yanomami, 1.090 ações de saúde, para diagnóstico de doenças, foram realizadas aos indígenas em comunidades pertencentes aos municípios de Barcelos e Santa Isabel do Rio Negro, na região do Alto Rio Negro, no Amazonas.

A iniciativa faz parte do Centro de Operações de Emergência em Saúde – Yanomami (COE-Yanomami), do Ministério da Saúde, do qual faz parte a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM).

A estratégia conta, também, com apoio do Distrito Sanitário de Saúde Indígena Yanomami (DSEI Yanomami), em parceria com as demais esferas do governo estadual, federal e municipais. As ações foram realizadas de 6 a 17 de março e destacam, pela FVS-RCP, o combate e controle da malária e da tuberculose.

Foram 1.090 ações, sendo 773 testagens (coleta e análise) para malária (sendo 36 positivos), análise de 33 coletas também para malária (que resultou em 10 casos positivos), 46 coletas para diagnóstico laboratorial de arboviroses (doenças causadas por vírus transmitidos principalmente por mosquitos), 28 testes para tuberculose (sendo os 28 negativos), realização de 12 exames parasitológicos e distribuição de 198 Mosquiteiros Impregnados com Inseticida de Longa Duração (MILD).

O diagnóstico laboratorial é realizado por equipe do Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen-AM), integrante da FVS-RCP que também integrou as ações nas localidades.

Para a diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, a operação de saúde na região apresentou resultado positivo. “A iniciativa ocorre, como esforço do Governo do Amazonas, para melhorar a saúde das comunidades indígenas, atendendo as necessidades de prevenção das doenças, por meio do diagnóstico laboratorial”, destaca.

Enfrentamento a doenças

As ações de saúde foram realizadas no território das comunidades indígenas Yanomami. Em Barcelos (distante 399 quilômetros de Manaus), os atendimentos foram realizados nas comunidades Bandeira Branca e Paranã. Já em Santa Isabel do Rio Negro (distante 630 quilômetros de Manaus), as ações ocorreram nas comunidades Missão Marauiá, Ixima, Serrinha, Pohoroa, Bicho Açu, Apuí, Taracuá, Xamakorona e Pukima Beira.

Além dos diagnósticos, as equipes da FVS-RCP realizaram ações de Vigilância Ambiental para o enfrentamento da malária nas comunidades, como borrifações intradomiciliares, termonebulização (uma forma de dedetização) e manejo ambiental para eliminação de possíveis criadouros existentes no local.

“Também foi realizada a captura de vetores e a distribuição de mosquiteiros com inseticidas de longa duração nas cabanas dos indígenas Yanomami”, acrescentou o assessor técnico da FVS-RCP, Heine Texeira, que atuou na comunidade Bandeira Branca, no território de Barcelos.

Nas comunidades yanomami pertencentes ao município de Santa Isabel do Rio Negro, os técnicos também atuaram na Vigilância Laboratorial com técnicos do Lacen-AM, da FVS-RCP, a partir da supervisão do laboratório de endemias para malária local.

“Buscamos garantir a qualidade dos procedimentos padrões do laboratório, abastecendo com antimalárico e orientamos os profissionais para realização de trabalho de qualidade”, disse Ricardo Mauro, técnico de controle de qualidade de doenças endêmicas do Lacen-AM que atuou nas comunidades pertencentes a Santa Isabel do Rio Negro.

FOTOS: Abrahão Graham/FVS-RCP e Jaqueline Macedo/FVS-RCP

indígenas #Saúde Yanomami

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas