AO VIVO

Veja quem são os novos secretários do governo Wilson Lima

O governador Wilson Lima anunciou medidas fiscais e administrativas para manter o equilíbrio fiscal do Governo do Amazonas e otimizar os gastos públicos, diante da previsão de perda de receitas; e anunciou ainda mudanças no secretariado

Por: Thiago Gonçalves
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Na manhã desta quarta-feira (16), o governador do Amazonas, Wilsom Lima (União) anunciou, em coletiva de imprensa, mudanças no comando de várias secretarias do primeiro escalão da administração estadual e em outros órgãos do governo do estado.

Petrúcio Magalhães Júnior deixou a Secretaria de Produção Rural (Sepror) e o novo secretário anunciado é Daniel Pinto borges, engenheiro de pesca.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) também passa a ser comandada pelo ex-deputado estadual, o economista Serafim Corrêa. A pasta estava sendo comandada interinamente por Marco Antônio Villela, que assumiu a Sedecti após a exoneração de Pauderney Avelino, que aconteceu em maio deste ano.

No Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam) Daniel Borges deixou o cargo de diretor-presidente e quem assume é Vanderlei Alvino, formado em administração, e que presidia a Fundacao Estadual do Índio (FEI). 

Erick Hudson deixa o comando da Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam), que passa a ter como novo diretor-presidente Bruno Pena Serra, formado em administração. 

Também houve mudança no comando da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Ian Ribeiro, que era vice-presidente da Amazonasur, assume no lugar de Gustavo Sampaio que era o presidente.

E ainda foi nomeado o secretário da Secretaria de Estado de Energia, Mineração e Gás, uma das três novas secretarias criadas pelo governo de Wilson Lima, em abril.  Trata-se do economista Ronney César Peixoto, que era funcionário da Caixa Econômica Federal.

novos secretarios

Foto: Neto Silva

Decreto para equilíbrio fiscal

O governador também baixou decreto otimizando gastos públicos para manter o equilíbrio fiscal, diante da previsão de perda de receitas no Amazonas.

“Preservando os investimentos nas áreas do social, saúde, educação, segurança e infraestrutura. E aí, tem uma coisa que é importante também destacar que nesse contexto: a gente não perde de vista a questão dos aprovados nos concursos públicos principalmente na área de segurança levando em consideração que a gente tem um déficit nessa área e segurança é um serviço essencial. E a gente tem expectativa de que ainda nesse segundo semestre a gente possa fazer eh a contratação de alguns desses aprovados.”, afirmou.

“Esse decreto prevê redução dos contratos de outras despesas em vinte e cinco por cento (25%) e aí são contratos de locação, material de conserto de alimentos, locomoção, serviços de telecomunicações e tecnologia da informação, pagamentos de diárias e hora extras, redução de despesas com aluguel de carros, embarcações, aeronaves, redução de uso eh de combustíveis. Enfim, algumas das medidas que nós estamos tomando.”, acrescentou o governador.

Wilson Lima citou os números previstos em queda de receitas fiscais. “Previsão anual de arrecadação de ICMS para este ano era de R$ 14,6 bilhões, com a revisão que foi feita, o valor agora passa a ser de R$ 13,9 bilhões, ou seja, uma queda de R$ 700 milhões. Com relação ao Fundo de Participação dos Estados (FPE), a previsão de repasse do Governo Federal para o Amazonas era de R$ 4,4 bilhões, com a revisão, a estimativa passa a ser de R$ 4,1 bilhões, ou seja uma redução de R$ 300 milhões. Se você somar os valores, a queda é no valor R$ 1 bilhão de reais em 2023.”, relatou Lima, que ainda mencionou as causas das dificuldades fiscais.

“Todas as vezes que a gente tem uma queda, há uma necessidade de a gente fazer os ajustes necessários. A gente já vislumbrava a possibilidade de que nós teríamos dificuldades esse ano por conta de está se iniciando um novo governo, por conta de medidas que foram tomadas no ano passado de redução de ICMS de combustíveis, de energia, de comunicação e agora a gente começa a sentir o efeito disso. Diante dessas questões, nós temos um comitê que avalia constantemente essas questões de gastos do estado e nós estamos baixando até o final dessa semana um decreto para estabelecer os critérios para a gente conter, otimizar os gastos do estado”., acrescentou o governador.

Os anúncios fazem parte de medidas adotadas periodicamente, desde 2019, com foco na manutenção do funcionamento eficiente da máquina pública.

 

Colaborou, Brendo Cidade.

É proibida a reprodução deste conteúdo.

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS:

J
João Pedro Santos Costa
É pra exonerar Rodrigo Sá presidente do Detran , aumentou as taxas do Detran e Clínicas em 250% e vários cidadãos ficaram a mercê da tal CNH social e estão sem condições de pagar os valores de uma CNH devido tudo esse aumento, as Autoescolas não aumentaram em nada os seus valores apesar de muitos impostos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

23/02
15:04

“FORA DA CURVA”

“Amom é um político ‘fora da curva’, diferenciado e um grande fenômeno no estado do Amazonas. Agregar apoio político e popular aos 23 anos de idade é algo que ocorre de tempos em tempos.” O comentário foi feito na manhã desta sexta-feira (23), no evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Amom Mandel (Cidadania) a prefeito de Manaus, à reportagem do site O Poder.com pelo experiente político e membro do PSDB-AM, Humberto Michiles.

23/02
14:46

VICE DE AMOM?

O pré-candidato oficial da Federação PSDB-Cidadania, deputado federal Amom Mandel, tem a liberdade de escolher quem será seu vice na chapa à prefeitura de Manaus, sem nenhuma intervenção dos partidos e apoiadores de sua campanha. A afirmação foi feita pelo senador Plínio Valério, presidente da federação, em entrevista ao site OPoder.com. Amom afirmou que as conversas estão avançadas, mas ainda não há um nome definido.

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

Ver mais >>

Programas