AO VIVO
Executivo - 28 de março de 2024
Foto: Reprodução/Internet

Tática comunista de obstruir campanhas da Direita através do bloqueio de recursos do PL vem à tona

Observadores políticos têm apontado para uma estratégia conjunta entre o Poder Executivo e o Supremo para frear o crescimento dos conservadores, notadamente ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Com o Partido Liberal (PL) buscando eleger mil prefeitos, a suspensão dos recursos do Fundo Partidário pode ter um impacto significativo nas próximas eleições. São levantadas questões sobre a natureza política dessa ação, a qual pode prejudicar as chances eleitorais dos opositores.

Observadores políticos têm apontado para uma estratégia conjunta entre o Poder Executivo e o Supremo para frear o crescimento dos conservadores, notadamente ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro. A narrativa utilizada é irônica: a defesa da democracia. A alegação é de que o bloqueio dos recursos públicos, se confirmado, é uma medida necessária para garantir a integridade democrática, em virtude do suposto envolvimento do PL nos eventos de 8 de janeiro.

O Ministério Público da União (MPU)  já deu um primeiro passo nessa direção, solicitando ao Tribunal de Contas da União (TCU) o bloqueio de R$ 27 milhões da conta do PL.

A possível estratégia ocorre em meio a uma atmosfera de desespero causada pela queda de popularidade e uma crescente crise no governo do presidente Lula. Pesquisa Datafolha divulgada no último dia 21 deste mês mostrou que a reprovação ao governo do petista, em cerca de um ano e três meses de gestão, subiu, de 30% em dezembro para 33%. Já a aprovação caiu de 38% para 35%. Nesse contexto, é natural que a direita, sobretudo a ligada ao ex-presidente Bolsonaro, reganhe destaque no pensamento do eleitorado.

Durante uma palestra realizada em Manaus no dia 23 deste mês, o deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) expôs duras críticas ao governo atual. O deputado abordou questões como manobras fiscais, déficit orçamentário, recordes de queimadas na Amazônia e as recentes mortes de yanomamis, denunciando a falta de resultados efetivos e responsabilidade por parte do governo.

“O governo não caminha bem. Nós temos aí manobras fiscais, como o próprio arcabouço. Nós temos aí um déficit de 230 bilhões de reais. Isso porque o Bolsonaro deixou a casa arrumada nas contas verdes com 54 bilhões de superávit. Nós temos aí mortes, por exemplo, de yanomamis, recorde de queimadas na Amazônia. Ou seja, é um governo, de fato, que só preocupa com as viagens de lua de mel do Lula, que, inclusive, gastou alguns milhões dos suados impostos do povo brasileiro.”, comentou.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas