AO VIVO

Suframa analisa pedido de Marcelo Ramos sobre PD&I e diz que vai encaminhar para MDIC

Superintendência se comprometeu a fazer uma breve análise sobre o pedido de revogação da Portaria n. 9.835/2022 que afeta o setor de PD&I

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MANAUS | AM

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) afirmou ao site O PODER, nessa segunda-feira (13), que se compromete a fazer uma breve análise sobre manifestação protocolada pelo ex-deputado federal, Marcelo Ramos (PSD), pedindo a revogação da Portaria n. 9.835/2022, que dispõe sobre o Plano de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) e cujo teor tem recebido críticas de políticos e representantes da indústria amazonense.

Em nota, a autarquia esclareceu à reportagem que as deliberações sobre a portaria não dependem exclusivamente da superintendência por ser editada em conjunto com o Ministério da Economia. A Suframa afirmou ainda que vai encaminhar o documento para análise, também, da Secretaria Executiva do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) para que a demanda “seja trata com a brevidade e urgência que o tema requer”.

“A Suframa informa que recebeu o pedido do advogado e ex-deputado federal Marcelo Ramos e esclarece que, por ser uma portaria editada em conjunto com o Ministério da Economia, deliberações sobre a mesma não dependem exclusivamente da Autarquia. No entanto, de forma a contribuir para a devida apreciação do pleito, a Suframa se compromete a fazer uma breve análise do documento e, em seguida, encaminhá-lo para avaliação da Secretaria Executiva do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), para que a demanda seja tratada com a brevidade e urgência que o tema requer”, diz a nota da Suframa.

Entenda

Nessa segunda-feira (13), o advogado e ex-deputado federal Marcelo Ramos protocolou na Suframa uma pedido de revogação da Portaria n. 9.835/2022, que dispõe sobre o Plano de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). Para o político, a portaria cria riscos aos investimentos no setor que podem, ao final, gerar custos às empresas beneficiárias da Lei de Informática da Zona Franca de Manaus (ZFM).

A Lei de Informática da ZFM (Lei nº 9.387/1991) é uma política industrial que visa criar condições unânimes à ZFM quanto a uma outra lei de mesmo teor: a Lei de Informática Nacional. As medidas concedem benefícios fiscais para a indústria que deseja produzir “bens de informática e de automação”. A ZFM foi incluída na norma mesmo tendo já tendo direito constitucional a subsídios.

Na manifestação protocolada na Suframa e obtida pelo site O Poder, Marcelo Ramos afirma que a portaria fere a hierarquia das normas em diversos dispositivos, criando novos conceitos; produzindo novas regras; proibindo investimentos que a Lei instituidora e o decreto regulamentar permitem; permitindo acesso às informações à agente estranhos ao fluxo processual; não considerando, em sua formatação, os objetos de criação do modelo de desenvolvimento da Zona Franca de Manaus (ZFM).

Desde a publicação da portaria, em novembro do ano passado, representantes do Polo Industrial de Manaus (PIM) apontam impactos do texto às empresas da região. A Associação do Polo Digital de Manaus (APDM), que representa empresas de bens e serviços de tecnologias da informação e comunicação, chegou a alertar em um parecer sobre o risco de saída de empresas do PIM e o fechamento de postos de trabalho.

A associação aponta critérios e obrigações que chama de impraticáveis para os investimentos em PD&I na Amazônia Ocidental e Amapá e que levarão as empresas no PIM a buscarem instalar suas produções em regiões que não possuem restrições neste nível, “impactando, assim, milhares de empregos e consequentemente a economia da região, além de caminharem em direção contrária ao desenvolvimento regional e diversificação dos investimentos” do segmento.

 

Texto: Bruno Pacheco / O Poder

Foto: Divulgação

Veja também: Marcelo Ramos protocola pedido na Suframa para revogar portaria que afeta PD&I

Portaria suframa #marcelo Ramos Pedido PD&I

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas