AO VIVO

Sistema de Ouvidoria da CGE registra aumento de atendimento

Em 2022, o crescimento foi de mais de 40,82% no registro de manifestações

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

EXECUTIVO | 

O Sistema Estadual de Ouvidorias (Se-OUV), coordenado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), em 2022, teve crescimento de 40,82% no registro de manifestações, em comparação com o ano anterior. De janeiro a dezembro, foram contabilizadas 6.071 manifestações, enquanto em 2021 o quantitativo foi de 4.311 registros. 

Do total de mais 6 mil manifestações, 89,11% foram respondidas ao cidadão e as demais demandas seguem em tramitação. Por meio do Se-OUV, o cidadão tem acesso ao Sistema de Ouvidorias do Amazonas FalaBr, onde são registrados os elogios, as denúncias, reclamações, solicitações e demais manifestações. 

De acordo com o subcontrolador-geral de Transparência e Ouvidoria, Albefredo Júnior, o bom desempenho se deu, primeiramente, em razão da sensibilidade do Governo do Estado.  

 “É uma forma fortalecer o sistema de ouvidoria enquanto instrumento de participação democrática do cidadão na administração pública, pois as diversas espécies de manifestações permitem ao Estado conhecer as necessidades da população e, consequentemente, definir as melhores políticas públicas para satisfazer os anseios sociais. Assim, a Controladoria-Geral do Estado, por meio da Subcontroladoria-Geral de Transparência e Ouvidoria, atuou de forma dedicada e engajada, para tornar efetivas tais ferramentas institucionais”, afirmou Albefredo.   

Ouvidoria Itinerante  

 A Ouvidoria Itinerante atendeu, em 2022, à população dos Municípios de Tonantins, Santo Antônio do Içá e São Paulo de Olivença, para registrar as demandas da região do Alto Solimões. Os trabalhos fizeram parte do programa Amazonas Presente, do Governo do Estado, e tiveram a proposta de ouvir os cidadãos e buscar soluções junto aos Órgãos Estaduais competentes.  

A proposta de levar a Ouvidoria até a população visa aproximar, ainda mais, a atual gestão do Governo do Estado dos munícipes e conhecer as principais prioridades dos usuários dos serviços públicos. 

Canais  

A Ouvidoria pode ser acionada pelo (92) 99173-4001, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Para quem é adepto das redes sociais, por meio deste número o cidadão pode enviar mensagens de WhatsApp com reclamações, denúncias, dúvidas, elogios e sugestões. 

Serviços 

Outro canal de atendimento ao cidadão disponibilizado pelo Governo do Estado, através da CGE, é o Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). O sistema permite ao cidadão solicitar informações públicas. O link para acesso ao sistema também pode ser encontrado no site www.cge.am.gov.br no link ‘e-SIC’. 

 E a plataforma “Fala.Br” permite que o cidadão registre reclamação, sugestão, denúncia, elogio e solicitação. Por meio do sistema o cidadão pode cobrar providências quanto aos serviços públicos.  

As ouvidorias existem para garantir que os direitos do usuário dos serviços públicos sejam respeitados. A manifestação ao ser registrada no sistema com o devido envio do protocolo, permite que o cidadão possa acompanhar a tramitação da demanda, que será tratada junto aos órgãos e entidades. O prazo para envio da resposta é de até 30 dias corridos, prorrogáveis uma única vez por 30 dias, conforme a Lei 13.460/2017.

Com informações de Assessoria*
Foto: Divulgação

aumento atendimentos ouvidoria CGE

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

23/02
15:04

“FORA DA CURVA”

“Amom é um político ‘fora da curva’, diferenciado e um grande fenômeno no estado do Amazonas. Agregar apoio político e popular aos 23 anos de idade é algo que ocorre de tempos em tempos.” O comentário foi feito na manhã desta sexta-feira (23), no evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Amom Mandel (Cidadania) a prefeito de Manaus, à reportagem do site O Poder.com pelo experiente político e membro do PSDB-AM, Humberto Michiles.

23/02
14:46

VICE DE AMOM?

O pré-candidato oficial da Federação PSDB-Cidadania, deputado federal Amom Mandel, tem a liberdade de escolher quem será seu vice na chapa à prefeitura de Manaus, sem nenhuma intervenção dos partidos e apoiadores de sua campanha. A afirmação foi feita pelo senador Plínio Valério, presidente da federação, em entrevista ao site OPoder.com. Amom afirmou que as conversas estão avançadas, mas ainda não há um nome definido.

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

Ver mais >>

Programas