AO VIVO
Executivo - 25 de fevereiro de 2024
Foto: Reprodução/Internet

Silas Mafalaia critica STF e postura de Lula sobre Israel em ato de Bolsonaro

O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo e organizador do ato em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), expressou críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao presidente Lula no evento realizado nesse domingo (25) na avenida Paulista, em São Paulo

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo e organizador do ato em defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), expressou críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao presidente Lula no evento realizado nesse domingo (25) na avenida Paulista, em São Paulo.

Silas Malafaia iniciou criticando as recentes falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Israel.

“Eu quero deixar aqui o meu repúdio ao presidente Lula, que fez o Brasil ser vergonha no mundo inteiro? A fala dele não representa o povo brasileiro. [É] o único presidente de um país democrático que recebeu elogio de terroristas assassinos do Hamas. Que vergonha”, disse ele.

Na sequência, Malafaia afirmou que não foi ao ato para “atacar o Supremo Tribunal Federal, porque quando você ataca uma instituição, você é contra a República e o Estado Democrático de Direito”, mas que iria relembrar os acontecimentos para mostrar “a engenharia do mal para querer prender o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro” e para “destruir o Estado Democrático de Direito”.

Ele começou sua retrospectiva mencionando o evento de 7 de setembro de 2021, no qual Bolsonaro foi incentivado por seus apoiadores a confrontar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas optou pela calma, surpreendendo a todos. Malafaia também destacou um episódio de 2022, quando Moraes assumiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e emitiu uma resolução que, segundo Malafaia, conferia poder excessivo ao ministro.

O pastor questionou a suposta disparidade no tratamento dado pela justiça a eventos envolvendo políticos de direita e esquerda, mencionando casos nos quais ativistas do MST e do PT realizaram invasões a prédios públicos sem sofrerem penalidades significativas. Ele também levantou questões sobre a falta de esclarecimentos em relação à invasão ocorrida em Brasília e insinuou que membros do governo poderiam estar envolvidos.

No decorrer de seu discurso, Malafaia mencionou Cleriston Pereira da Cunha, preso devido aos eventos ocorridos em 8 de janeiro, quando foi ver “ver a baderna”. Segundo Malafaia, Cleriston estava doente e o procurador solicitou sua liberação, porém Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), não concedeu. Cleriston faleceu posteriormente. Malafaia responsabilizou Moraes pela morte de Cleriston e afirmou que ele terá que prestar contas a Deus por isso.

Malafaia expressou preocupação com a liberdade de expressão no Brasil, afirmando que as pessoas estão com medo de expressar suas opiniões, o que, segundo ele, coloca o Estado Democrático de Direito em perigo. Ele concluiu seu discurso citando um trecho da Bíblia e convidando os presentes a entoarem um trecho do hino da Independência do Brasil.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas