AO VIVO
Executivo - 08 de março de 2024
Foto:

‘Se Bolsonaro apoiar, David é abençoado e eleito no primeiro turno’, diz professor

As movimentações políticas do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), foram abordadas durante a edição do programa “Boa Noite, Amazônia” desta quinta (7)

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

As movimentações políticas do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), foram abordadas durante a edição do programa “Boa Noite, Amazônia” desta quinta (7).

O professor Ademir Ramos ressalta a experiência política do prefeito, sugerindo que ele está realizando pesquisas internas para avaliar seu apoio entre os eleitores ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro. Ele enfatizou a importância desse apoio, afirmando que se Bolsonaro endossar David, ele estará praticamente garantido para vencer no primeiro turno.

“O David não é um amador. Ele deve estar fazendo pesquisa particular, pesquisa privada, interna, no sentido de saber como está a densidade dele junto a esse eleitorado específico do Bolsonaro. De qualquer maneira, é o seguinte. Ah, porque não é Bolsonaro. Coisa nenhuma. Se o David subir no palanque, e o Bolsonaro, com o peso que tem, colocar a mão no colo do David, no braço. Pronto, o David é abençoado. Vai ser eleito no primeiro turno.”, declarou.

O professor apontou que as articulações do prefeito se concentram na necessidade de estrutura partidária para tentar a reeleição em 2024. Segundo ele, a movimentação estratégica visa garantir recursos financeiros, tempo de televisão e apoio político para a disputa eleitoral.

“O Avante não tem representatividade parlamentar, não tem capital financeiro, não tem fundo partidário e nem terá um fundo eleitoral de peso.”, avaliou.

“Então, ele (o prefeito) precisa se mobilizar de toda e qualquer maneira no sentido de captação de recursos para bancar a sua candidatura. Por isso, o David busca se mexer, conversar com cinco ou mais partidos. Mas isso não é crime nenhum, faz parte do processo do ator político dialogar.”, acrescentou o professor.

Ademir Ramos também observou que o prefeito ainda acaba ganhando espaço na mídia. “Com esse tipo de articulação do prefeito Davi Almeida, ele se coloca na mídia. Da mesma forma que o Amom ali se colocou na mídia quando fez aquele 2 pra lá, 2 pra cá.”

No início da tarde desta quinta-feira (7), o prefeito de Manaus, David Almeida, negou as informações sobre filiação ao Partido Liberal (PL). Em declaração oficial, ele afirmou que continua no Avante, partido pelo qual concorreu e venceu as eleições municipais de 2020. Segundo a equipe do prefeito, David Almeida esteve em Brasília durante esta semana, onde teve reuniões com representantes de seis partidos políticos em busca de apoio.

O jornalista Álvaro Corado argumentou que a declaração oficial do prefeito não é suficiente para provar sua afiliação ou não ao partido. Ele também observou que a falta de uma resposta direta do PL deixa a informação incompleta e que é preferível aguardar mais informações antes de tirar conclusões precipitadas.

“O que provaria afiliação ou não é a manifestação do partido. Do partido liberal. Por quê? Porque o prefeito pode ter assinado uma ficha e não querer revelar isso agora. Agora o PL não. O PL se ele disser assim, não tem nada assinado aqui, não temos nenhuma afiliação, efetivamente o partido tem um compromisso com a informação de dentro do seu partido. Então eu entendo que a informação ainda está pela metade. Eu acho que falta uma manifestação efetiva dos membros do PL.”

Além disso, ele ressalta a viabilidade eleitoral de David Almeida e o interesse dos partidos em ter um candidato forte nas eleições. Corado sugere que a decisão do PL pode depender do nível de estrutura e trabalho que desejam investir em sua candidatura.

“A gente sabe também que essa é uma articulação em que os próprios partidos têm interesse numa cabeça de chapa viável. Porque a gente pode ter qualquer tipo de análise aqui sobre a gestão do prefeito David Almeida, mas ele é um candidato viável nessa eleição. A gente não pode tirar isso dele. Ele tem percentual de votos, ele tem capacidade eleitoral, ele tem estrutura, porque hoje ele tá na máquina.”, disse.

“Qual é o partido que não quer ter um candidato desse? A gente pensa assim, ah, mas o PL é de direita. Só que o PL pode optar em ter uma candidatura com mais trabalho e pode ter uma candidatura com menos trabalho. Quer dizer, alguém que já tá meio caminho a andar, bem lá na frente, com mais estrutura. Então assim, a gente precisa, obviamente, olhar no dia de hoje não com críticas a ninguém.”, acrescentou.

Já o jornalista Carlos Souza fez uma análise sobre as movimentações políticas em diversas capitais do Brasil, destacando que o Partido Liberal (PL) Nacional pode preferir ter um candidato já estabelecido, como o prefeito David Almeida, em vez de arriscar com um candidato parlamentar, devido às diferenças entre as eleições legislativas e executivas. Ele ainda mencionou o coronel Alfredo Menezes, que teve sucesso em eleições anteriores para o Senado, mas agora enfrenta um contexto diferente. Souza também destaca o papel de Alfredo Nascimento, uma figura experiente na política local, que atua como intermediário entre Manaus e Brasília.

“Essas modificações, essas mexidas no tabuleiro, acontecem em qualquer lugar. Estão brigando em São Paulo, estão brigando no Rio de Janeiro, estão brigando em Porto Alegre. Em todas as capitais estão brigando. É cômodo hoje para o PL Nacional ter um candidato que já tem uma prefeitura, que tem um potencial de voto, do que arriscar colocar um candidato que é um deputado atualmente. Você sabe que a eleição para deputado é uma coisa, e a eleição para o executivo é outra, completamente diferente. O coronel Menezes teve voto, teve, para o Senado, mas agora é uma prefeitura, é completamente diferente. Então, para o PL Nacional, que tem hoje o Alfredo Nascimento, queira ou não, ele está negociando, é ele quem faz a ponte daqui com Brasília.”, comentou.

Confira o programa na íntegra 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas