AO VIVO
Executivo - 14 de maio de 2024
Foto: divulgação

Presidente da Petrobras é demitido em meio a disputa sobre dividendos

Em uma decisão que envia ondas de choque por todo o setor de energia, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva demitiu Jean Paul Prates, o atual presidente da Petrobras, a gigante estatal do petróleo e gás do país. A demissão ocorre em meio a uma intensa disputa sobre o pagamento de dividendos aos […]

Por: Pablo Medeiros
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Em uma decisão que envia ondas de choque por todo o setor de energia, o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva demitiu Jean Paul Prates, o atual presidente da Petrobras, a gigante estatal do petróleo e gás do país. A demissão ocorre em meio a uma intensa disputa sobre o pagamento de dividendos aos acionistas da empresa.

A tensão entre o governo e a Petrobras aumentou ao longo dos últimos meses, culminando com a decisão de Prates de não alinhar-se com os membros do conselho de administração indicados pelo governo, que votaram para não pagar dividendos extraordinários aos acionistas. Essa decisão provocou um clima de desconfiança entre os investidores, que temem que a influência do governo sobre a empresa possa crescer ainda mais.

A Petrobras, que é responsável por uma grande fatia da produção de petróleo e gás do Brasil, tem sido historicamente uma fonte de dividendos significativos para os acionistas. No entanto, a recente decisão de não distribuir dividendos extraordinários tem levantado preocupações sobre o futuro da empresa e sua capacidade de atrair investimentos.

A demissão de Prates e a subsequente nomeação de Magda Chambriard, ex-chefe da agência reguladora do petróleo e gás do Brasil, para sucedê-lo, reforça a percepção de que o governo está buscando um maior controle sobre a Petrobras. Essa mudança pode ter implicações significativas para a estratégia e operações da empresa, bem como para os investidores que procuram uma visão mais transparente sobre os dividendos futuros.

O impacto imediato da demissão de Prates foi uma queda acentuada nas ações da Petrobras nas bolsas de valores. Os investidores estão observando de perto os próximos passos do governo e da empresa, aguardando sinais sobre a direção que a Petrobras tomará sob a liderança de Chambriard.

A crise atual na Petrobras reflete as tensões entre o governo e os investidores sobre como equilibrar os interesses econômicos e políticos. Enquanto Lula busca utilizar a Petrobras para promover o desenvolvimento econômico e social do país, os investidores preocupam-se com a possibilidade de que essa intervenção governamental possa prejudicar os resultados financeiros da empresa.

Como a crise se desenrolará, e qual será o impacto final sobre a Petrobras e o setor de energia brasileiro, permanece a ser visto. No entanto, é claro que a demissão de Prates e a subsequente mudança de liderança na Petrobras marcarão um novo capítulo na história da empresa, com implicações que irão reverberar por muito tempo no setor de energia.

#Lula #Petrobras

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas