AO VIVO

Mulher acusa Veja de “ridicularizar” o fato de ela ter sido mãe de 8 filhos

Ao ver o material publicado, a psicóloga entrevistada buscou por um meio para contar às pessoas como foi a conversa com a jornalista e por que se sentiu ofendida

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

A psicóloga Geise Devit, em entrevista à Brasil Paralelo, afirmou que se sentiu enganada e ofendida pela Revista Veja, ao participar da matéria da jornalista Sofia Silva de Cerqueira, que escreveu “A multiplicação dos bebês de casais da ala conservadora da Igreja Católica”, devido o conteúdo publicado posteriormente.

Geise que é católica e mãe de 8 crianças, contou que a jornalista foi muito amigável e teve com ela uma conversa simpática, demonstrando interesse na vida de uma mãe que tem muitos filhos.

Segundo o site, ao ver o material publicado, a psicóloga buscou por um meio para contar às pessoas como foi a entrevista e por que se sentiu ofendida.

De acordo com o relato de Geise, a entrevista só começou a dar sinais de uma mudança de rota quando surgiram perguntas envolvendo posições conservadores e visão sobre o Papa Francisco.

Ao perguntar se poderia ver a matéria antes de ser publicada, a resposta foi “não”, já que iria contra as regras da Veja.

Ao ler a publicação, Geise entendeu que suas falas foram tiradas de contexto e, segundo ela, a conotação atribuída foi ofensiva no jogo de palavras.

O site elencou as perguntas e respostas que a psicóloga esclareceu sobre a matéria.

Qual foi sua reação ao ler a matéria?

Recebi de alguns amigos o link da matéria no sábado à noite. Li rapidamente e, num primeiro momento, confesso que não entendi o texto. Achei que era uma dificuldade minha, por ter lido muito apressadamente. Li de novo, com mais calma, demorei uns minutos para digerir. Só algumas palavras me saltaram aos olhos negativamente. 

Quando li pela terceira vez foi que minha ficha realmente caiu. Entendi que eu estava sendo duramente criticada e ridicularizada. 

Não tive reação. Não estava acreditando que a repórter tinha me “enrolado” daquela forma. Depois, vieram uma mistura de sentimentos e preocupações: 

Eu me senti culpada por ter dado a entrevista e exposto minha família, uma certa preocupação em ser de fato tomada como uma “radical” e tristeza por perceber a desvalorização da vida mesmo.

Por que você escolheu ser aberta a vida?

Não foi uma decisão que tomei sozinha. Ela foi discernida em conjunto com meu marido. Nós, logo após nosso casamento, trilhamos um caminho de aprofundamento da fé e fomos descobrindo a beleza da doutrina moral da nossa igreja. 

Assim, nós decidimos ser “abertos à vida” por 3 razões: 

1. Por compreender a grandeza da união matrimonial e seu caráter unitivo e procriativo; 

2. Por compreender o valor da vida humana e a graça que é gerar vida através do amor conjugal; 

3. Para não incorrer em pecado grave.

A psicóloga relatou que, durante a entrevista, que assistiu ao vídeo que o Padre José Eduardo gravou, reagindo à matéria publicada pela Veja, apontando os erros e contradições. Disse que ela própria aprendeu ainda mais com as explicações dele comentando o que é a doutrina sobre o assunto:

O que você gostaria de dizer para as pessoas que veem a abertura à vida como algo negativo?

A pessoa que tem uma visão negativa da abertura à vida pode estar cheia de preconceitos e ideias distorcidas do que se trata realmente ser “aberto à vida”. Normalmente, as críticas que recebemos estão impregnadas, mesmo que disfarçadas, de uma mentalidade antirreligião e ou feminista.

Como é a sua experiência e sentimentos sendo mãe de muitos filhos?

Eu sou imensamente grata a Deus por ter me concedido a graça de gerar 8 filhos, até o momento. Acho fantástico que Deus nos conceda essa graça de coparticipar na criação, através da concepção, educação e formação de pessoas! De almas imortais! 

Começa no meu ventre e vai para a eternidade!… eu até me emociono quando começo a refletir sobre essa realidade. Como pode Deus Pai confiar a mim o seu maior tesouro? Como poderíamos nós ser mesquinhos diante de tamanha generosidade de Deus?

Cada gestação é uma visita de Deus à nossa família! Cada filho uma benção única e específica, singular! Ser mãe de muitos não é ser mãe de uma prole, de um bando, um grupo… é ser mãe de cada um deles. Quando se tem mais gente na família, a singularidade pode ser vivenciada de uma forma tão maravilhosa!

É claro que nem tudo são flores. Existem muitas dificuldades, tempos difíceis, cansaços, planejamentos desfeitos, imprevistos, doenças, perdas, choro e birras (muitas birras!). Mas hoje olho para meus filhos maiores (17 e 14 anos) e penso “valeu a pena” cada segundo, faria tudo de novo! 

Sua decisão tem a ver com alguma agenda política?

É claro que não! Tomei essa decisão junto com meu marido, diante de Deus, há 20 anos atrás. E essa decisão não tem relação nenhuma com partido político. Aliás, para mim, número de filhos não é algo que o estado ou políticas estatais e públicas devam regular, portanto não é assunto político.

Após a repercussão negativa da matéria, com o conteúdo ofensivo, Geise disse que o “tiro” da matéria saiu pela culatra, pois ganhou mais apoio. No Instagram ela conta que cresceu em quase dois mil seguidores em poucos dias.

“Mensagens de apoio não faltaram, vindas de religiosos e não religiosos, católicos e não católicos”, descreveu.

Geise encerra dizendo que se fortaleceu com tudo isso, no digital e na vida.

Foto Internet

Com informações Brasil Paralelo

 

católicos filhos mãe revista veja

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas