AO VIVO
Executivo - 10 de dezembro de 2021
Foto:

Movimento encabeçado por Wilker e Dermilson pode prejudicar policiais militares e bombeiros da ativa

Emenda proposta pelo deputado Dermilson Chagas pode sobrecarregar orçamento e governo retirar Projeto de Lei de pauta, prejudicando policiais militares e bombeiros da ativa

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Uma movimentação encabeçada pelos deputados estaduais Dermilson Chagas e Wilker Barreto pode prejudicar policiais militares e bombeiros da ativa que seriam beneficiados pela ‘Lei de Curso’, proposta pelo Governo do Amazonas, conforme disse fonte do site O PODER.

Isto porque, os parlamentares, que são ligados ao ex-governador Amazonino Mendes, buscam criar uma emenda para incluir a ‘tropa da reserva’, que irá sobrecarregar o orçamento, obrigando assim o Estado a retirar o Projeto de Lei (PL) de pauta e prejudicando os servidores da ativa.

No domingo (5), O PODER publicou uma matéria onde revelou que uma reunião ocorrida, no último sábado (4), contou com a presença de 12 coronéis da reserva da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), que ensaiam se ‘rebelar’ contra os benefícios anunciados pelo Governo do Amazonas para os quase 10 mil policiais militares da ativa.

Ainda conforme uma fonte da equipe de reportagem, a organização do protesto também está sob o comando de dois oficiais da reserva com larga participação na política partidária e que trabalham diretamente com o ex-governador e atual pré-candidato ao governo do Amazonas, Amazonino Mendes: os coronéis Walter Cruz e Amadeu Soares.

Irmãos

O deputado Dermilson Chagas possui dois irmãos que são coronéis da reserva e seriam beneficiados com a emenda proposta por ele: Denis Sena Chagas, que foi secretário executivo-adjunto da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Damassírio Mamed das Chagas Filhos, que foi secretário-executivo da Casa Militar, ambos na gestão Amazonino Mendes.

Na defesa da emenda, Chagas afirma que “os militares que hoje estão na reserva remunerada ou reformados não podem deixar de ser contemplados por esse direito, pois os mesmos buscaram se especializar durante a atividade policial, visando à qualificação do serviço policial, tanto no âmbito operacional como administrativo”.

Curso

O PL da Gratificação de Curso (GC) foi assinado e encaminhado à Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), no início deste mês e irá ser analisado, na próxima segunda-feira (13), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Casa Legislativa, presidida pelo deputado estadual Delegado Péricles.

As gratificações propostas pelo Governo do Amazonas serão de 25% para Especialização, 30% Mestrado e 35% para Doutorado. Com isso, um soldado, por exemplo, poderá contar com gratificação de R$ 1.207,86, caso faça Especialização, e um coronel, de R$ 7.792,61, ao concluir Doutorado.

Juristas consultados pelo site O PODER dizem que caso a ‘tropa da reserva’, não seja incluída, ainda assim terá seu direito adquirido pelo princípio da equidade e da paridade, ou seja, podem acabar prejudicando os servidores da ativa.

COMENTÁRIOS:

P
Paulo Rodrigues
O governo é um sanguessuga, desprezam nossos colegas da reserva, não é só coronel, acreditam que eles estão lutando em favor dos outros policiais, pq a reserva não tem só coronel, existe soldado, cabo sargento, subtenente, e os oficiais subalternos... Desafio a imprensa a entrevistar os coronéis para saberem o real problema na instituição, pq não vão promover os antigos que estão aguardando suas promoções atrasadas ... Fariseus..
M
Mamed
Pelo contrário, estão lutando para incluir os inativos da Polícia e Bombeiro Militar incluídos até 2003, conforme EC 41 de 2003, que determina, desde então, a integralidade e paridade para esses que ingressaram na administração pública até esta data. Já que as associações não se prestaram a isso, alguém teria que falar por eles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas