AO VIVO

Lula corta verbas da Receita, servidores ficam sem bônus e eventual greve pode parar produção na indústria no Amazonas

No Amazonas, servidores públicos da Receita Federal podem aderir a uma greve nacional a partir de segunda-feira (4) e efeitos podem gerar impactos no Polo Industrial de Manaus (PIM)

Por: Thiago Gonçalves
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

No Amazonas, servidores públicos da Receita Federal podem aderir a uma greve nacional a partir de segunda-feira (4). A paralisação seria total e por tempo indeterminado.

A eventual paralisação preocupa os representantes das indústrias da Zona Franca de Manaus (ZFM). Os efeitos da possível greve podem gerar impactos no Polo Industrial de Manaus (PIM).

O economista, empresário e consultor Wilson Périco, ex-presidente do Centro das Indústrias do Amazonas (Cieam) declarou que eventual greve pode causar paralisação de linha de produção e prejuízo para as indústrias e contribuintes, já que a liberação de insumos depende dos processos aduaneiros.

“A RF é a responsável por todos os processos aduaneiros, ou seja, entrada de insumos para as indústrias precisam da inspeção e liberação dos auditores da RF. Essa atividade é de muita importância pois o atraso no processo de inspeção/liberação desses insumos pode provocar paralisação numa linha de produção, isso significa prejuízo para as indústrias/contribuintes.”, afirmou Périco.

“Esperamos que essa situação não venha a afetar a atividade das indústrias da Zona Franca.”, acrescentou.

Paralisação

Entenda o motivo que envolve cortes de recursos do orçamento da Receita pelo governo federal

O 2o vice-presidente do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal no Amazonas (Sindifisco-AM), Eduardo Toledo, explicou no programa “Boa Noite Amazônia”, o motivo crucial para a realização do movimento grevista. Ele relatou que os cortes de recursos na Lei Orçamentária 2024 para o custei de despesas obrigatórias do Ministério da Fazenda, vão impedir a liberação de um bônus de eficiência por produtividade para os servidores que é um anseio da categoria e envolve um planejamento de vários anos.

Ele explicou que houve a criação de uma lei no governo do presidente Michel Temer a respeito da remuneração dos servidores. O acordo foi consolidado em 2017 no governo de Dilma Roussef. O pagamento do bônus para auditores-fiscais e analistas-tributários foi previsto para este ano. Em julho deste ano, até foi publicado um decreto pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva regulamentando o bônus, porém, agora, com essas medidas do governo Lula o pagamento fica impedido de acontecer e descumpre o planejado.

“De lá (2016/2017) para cá, nós abrimos mãos de algumas vantagens e direitos remuneratórios para transformar mais competitiva a nossa remuneração que reflete mais como é feito na iniciativa privada, que é um trabalho remunerado conforme a sua eficiência. Critica-se muito a ineficiência do serviço público então a gente começou a Receita Federal sendo pioneira trazendo índices de eficiência e acompanhamento do trabalho, das métricas para dentro do órgão, acompanhamento e implementação. Ao longo de 2016 e 2017 para cá a gente trabalhou refinando e aprimorando o modelo para que ele fosse implementado agora. Foi feito um decreto pelo governo Lula em julho deste ano e esperávamos que ele seria cumprido.”, declarou.

Ainda de acordo com o representante da categoria no estado, o decreto foi estabelecido reservando verbas específicas para remuneração e satisfazer a questão de eficiência dos agentes dentro da Receita Federal.

“O governo federal começa mal quando ele quer implementar o arcabouço fiscal e trata a classe dessa forma, que é um descumprimento de tudo aquilo que a gente veio planejando nos últimos 7 anos.”, lamentou Toledo.

É proibida a reprodução deste conteúdo.

Foto: Reprodução Internet

 

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas