AO VIVO
Executivo - 07 de dezembro de 2021
Foto:

Governo do Amazonas vai suspender eventos com mais de 3 mil pessoas, a partir do dia 15

De acordo com o Governo do Amazonas, a multa para aqueles que descumprirem o decreto subirá de R$ 50 mil para R$ 500 mil

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Após dados epidemiológicos indicarem aumento nos casos de Covid-19, e em função da variante Ômicron, o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do Governo do Amazonas decidiu suspender a realização de eventos com mais de 3 mil pessoas em território amazonense. As medidas foram definidas na noite desta terça-feira (7), em reunião convocada pelo governador Wilson Lima (PSC). As novas regras constarão em decreto válido para o período de 15 de dezembro de 2021 a 15 de janeiro de 2022.

O governo estadual está intensificando as ações de vacinação e inicia busca ativa nas regiões do estado com menores percentuais de população imunizada. A campanha denominada Megavacinação começa nesta quarta-feira (8). Só em Manaus, há cerca de 314 mil pessoas com a segunda dose em atraso.

Além dos novos limites para festividades, o Comitê também decidiu aumentar o valor máximo da multa para organizadores que descumprirem protocolos sanitários. A multa subirá de R$ 50 mil para R$ 500 mil. O comitê também vai recomendar que não sejam realizados eventos públicos de comemoração de Natal e ano novo pelas prefeituras.

Os eventos com presença de público não poderão superar a lotação de três mil pessoas e deverão se limitar a 50% da capacidade física do espaço, em qualquer hipótese. Isso significa que se o estabelecimento suportar 3 mil pessoas, no máximo, 1,5 mil lugares poderão ser ocupados.

As medidas foram debatidas com os gestores do Estado integrantes do comitê e, posteriormente, apresentadas aos órgãos de controle, como o Ministério Público. As novas regras serão relacionadas em decreto que será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), nos próximos dias.

“São 30 dias para que nós possamos avaliar a evolução da Covid-19, aqui nessa sazonalidade, e também qual vai ser o comportamento dessa nova variante (ômicron). É muito importante a gente retroceder agora para lá na frente não perder o controle da transmissão do vírus aqui no estado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Anoar Samad.

Até o momento, o Amazonas não tem registro de casos da nova variante Ômicron, já identificada em três estados brasileiros.

Indicadores

De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RPC), as novas medidas para realização de eventos no Amazonas se justificam por causa da nova variante e em função da observância dos dados epidemiológicos das últimas duas semanas.

Houve aumento do número de casos confirmados na capital e interior, nos últimos 14 dias. Em Manaus, as notificações saíram de uma média de 15 para 32 casos, diariamente. No interior, subiram de 50 para 76.

Além disso, para adotar as novas medidas, o comitê considerou que, entre os meses de dezembro e janeiro, o estado entre no período de maior transmissão de síndromes gripais, como a Covid-19, por conta das chuvas.

“É importante que estejamos atentos e, por isso, estamos intensificamos a vigilância genômica, fazendo o sequenciamento de todos os genomas de todas as amostras de RT-PCR positivas, que vão ser aproximadamente 400 amostras por semana, em parceria com a Fiocruz”, destacou a diretora-presidente da FVS, Tatyana Amorim.

“Entendendo que essas baixas coberturas se dão em comunidades rurais e indígenas, principalmente, de difícil acesso, então nós estamos trabalhando com estratégias para intensificar essa cobertura”, acrescentou.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas