AO VIVO

Empresa de parente de prefeito fatura milhões com domínio de ingressos para Festival de Parintins

MANAUS – A Amazon Best (AB), que tem entre os sócios Geyna Brelaz, cunhada do prefeito de Parintins, Bi Garcia (União), tem o monopólio da venda dos ingressos do Festival Folclórico dos Bois-Bumbás Caprichoso e Garantido e deve faturar mais de R$ 5 milhões com a perspectiva de venda dos passaportes para os três dias […]

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MANAUS – A Amazon Best (AB), que tem entre os sócios Geyna Brelaz, cunhada do prefeito de Parintins, Bi Garcia (União), tem o monopólio da venda dos ingressos do Festival Folclórico dos Bois-Bumbás Caprichoso e Garantido e deve faturar mais de R$ 5 milhões com a perspectiva de venda dos passaportes para os três dias do evento, neste ano, com valores que equivalem a um salário-mínimo (R$ 1.302). Geyna é esposa do empresário Valdo Garcia, representante da empresa AB.Patrimônio Cultural Imaterial do Amazonas, o Festival de Parintins torna-se inacessível para a maioria das famílias, considerando que a média da renda familiar brasileira é de R$ 1.353 mensais, conforme a série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad).

8a6b800e a94d 4974 9051 9ebd4fea6b24

O contrato de exclusividade da Amazon Best para venda dos passaportes para o festival não está aberto à sociedade. A reportagem da REVISTA CENARIUM apurou que o contrato de monopólio da Amazon Best é fechado diretamente com os presidentes dos bois Caprichoso e Garantido. Os dirigentes não se manifestam sobre o assunto.

No ano passado, os presidentes dos bumbás receberam mais de R$ 10 milhões em verba pública para a realização do evento. A aplicação da verba virou alvo de investigação do Ministério Público do Amazonas (MP-AM).Dados da Receita Federal apontam a cunhada de Bi Garcia como uma das sócias da Amazon Best (Reprodução)
Faturamento obscuro
Sem mostrar critérios de composição de preço e como foi beneficiada com os lugares, a Amazon Best disponibilizou um mapa de comercialização de espaços para três dias do festival no bumbódromo. Foram colocados à venda 4.492 espaços, além dos 50 camarotes que a empresa não dá transparência para comercialização. O bumbódromo tem capacidade para 35 mil pessoas, dos quais quase 20 mil espaços são destinados à venda.

Valores dos ingressos para as arquibancadas e cadeiras tipo 1 e 2 (Thiago Alencar/CENARIUM)
Na divisão do mapa da Amazon Best, há 3.306 passaportes para a “arquibancada especial” ao preço unitário de R$ 1.145, que totalizam o faturamento de R$ 3.785.370; 592 passaportes para a “arquibancada central”, com o valor de R$ 1.495, que somam R$ 885.040; 282 ingressos para a “cadeira tipo 2”, com o preço de R$ 980, que contabilizam R$ 276.360.

Já 312 passaportes para a “cadeira tipo 1” possuem o valor unitário de R$ 1.180 que, juntos, fazem R$ 368.160. Se todos os ingressos forem vendidos – como ocorre todo o ano – a Amazon Best fatura um total de R$ 5.314.930. A situação dos outros 15.508 lugares do bumbódromo não foi explicada pela empresa nem pela Prefeitura de Parintins.

 

c4e632e7 6fa0 4e08 a6d4 0ce0db863552

Mapa de venda de ingressos da Amazon Best, em 2023, gerou intervenção do Procon-AM (Reprodução)
A Amazon Best entrou no festival a partir do terceiro mandato do prefeito Bi Garcia, em 2017. O prefeito foi eleito para o primeiro mandato em 2004. Em 2008, foi reeleito. Saiu em 2012 e retornou eleito em 2016. Em 2020, disputou a reeleição e foi, novamente, reconduzido ao cargo de prefeito.

Ticketeira que comercializa ingressos para o Festival de Parintins há quase seis anos, antes a operação era realizada pela Tucunaré Turismo, a atual vendedora dos ingressos do festival existe desde 1999, mas passou a operar, tecnicamente, em 2005.

Bumbódromo de Parintins oferece aos visitantes cadeiras especiais, arquibancadas para turistas, camarotes e frisas (Reprodução/Almadeviajante)
Procon e MP-AM
O primeiro dia de abertura de vendas dos ingressos para o Festival Folclórico de Parintins, na semana passada, foi marcado por desentendimentos, confusão e a participação de agentes do Procon-AM e da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM). O motivo foi um problema no sistema, que não disponibilizou acesso on-line para a venda dos passaportes, obrigando-os a ir até a sede da Amazon Best, localizada na rua Nova Prata, N° 225, Conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças.

Em 2017, de acordo com o Portal Parintins Amazonas, o Ministério Público do Estado (MP-AM) questionou os bumbás Garantido e Caprichoso a fim de que eles informassem quais os critérios para a escolha da empresa Amazon Best na comercialização dos ingressos do festival em detrimento de outras empresas.

O MP-AM também questionou a ausência de licitação. À época, a promotora pública Carolina Monteiro Chagas Maia declarou: “Importa salientar a urgência em prestar esclarecimentos, pois, segundo informações, a referida empresa já estaria realizando a venda de ingressos para o festival 2017”. Passados seis anos, o Ministério Público do Amazonas não se manifestou, publicamente, sobre o assunto.

ae645953 29c6 413f 842c 5b3b5532ad15

Sem transparência
Questionada pela reportagem da CENARIUM quanto à atuação da empresa Amazon Best até o fim do mandato do atual prefeito da cidade, Frank Bi Garcia, a Prefeitura de Parintins respondeu que o contrato é firmado com os bois bumbás Caprichoso e Garantido.

Nos sites de Caprichoso e Garantido não há transparência da venda dos ingressos e nem o que levou a escolha da Amazon Best. A empresa foi procurada para falar sobre o assunto e disponibilizou apenas o mapa dos espaços dos assentos do bumbódromo e os valores dos ingressos. A reportagem solicitou o documento e detalhes sobre percentuais repassados aos bois pela Amazon Best, mas não obteve retorno.

Segundo a Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa (SEC), os ingressos são de responsabilidade da ticketeira, a Amazon Best, que tem um contrato com os bois. A Secretaria de Estado e Economia Criativa informou que apoia os bumbás e viabiliza a realização do festival no bumbódromo.

Com informações de Paula Litaiff, Revista Cenarium*

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

28/02
17:10

DAVID E VALDEMAR?

Esta semana, cresceram as especulações de que o prefeito David Almeida se encontraria com o presidente nacional do PL para supostamente tratar do seu ingresso à legenda de Bolsonaro. Nem ontem nem hoje aconteceu encontro algum, de acordo com a agenda de Valdemar da Costa Neto até esta quarta-feira (28). Fala-se até em uma chapa encabeçada por David, com o deputado Alberto Neto como vice; no entanto, Neto afirmou em entrevista nesta terça-feira (27) que é o pré-candidato da direita em Manaus e conta com o apoio do ex-presidente.

23/02
15:04

“FORA DA CURVA”

“Amom é um político ‘fora da curva’, diferenciado e um grande fenômeno no estado do Amazonas. Agregar apoio político e popular aos 23 anos de idade é algo que ocorre de tempos em tempos.” O comentário foi feito na manhã desta sexta-feira (23), no evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Amom Mandel (Cidadania) a prefeito de Manaus, à reportagem do site O Poder.com pelo experiente político e membro do PSDB-AM, Humberto Michiles.

23/02
14:46

VICE DE AMOM?

O pré-candidato oficial da Federação PSDB-Cidadania, deputado federal Amom Mandel, tem a liberdade de escolher quem será seu vice na chapa à prefeitura de Manaus, sem nenhuma intervenção dos partidos e apoiadores de sua campanha. A afirmação foi feita pelo senador Plínio Valério, presidente da federação, em entrevista ao site OPoder.com. Amom afirmou que as conversas estão avançadas, mas ainda não há um nome definido.

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

Ver mais >>

Programas