AO VIVO
Executivo - 16 de agosto de 2021
Foto:

Em nota, Eduardo Braga diz que ida para o Ministério de Minas e Energia é ‘especulação’

O senador Eduardo Braga, que já foi ministro de Minas e Energia, no governo Dilma Rousseff, entre 2015 a 2016, lamentou a especulação ser “feita no momento em que o nosso sistema energético registra a sua maior crise”

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

O senador Eduardo Braga (MDB) emitiu uma nota, nesta segunda-feira (16), sobre uma suposta indicação para assumir o comando do Ministério de Minas e Energia, no Governo Bolsonaro. De acordo com Braga, a notícia “trata-se de uma especulação” e ele aproveitou o momento para dizer que o setor está “sem rumo” e a “beira o colapso”.

Nesta segunda, o jornalista Ricardo Noblat, do site Metrópoles, veiculou que Braga é cotado para assumir, novamente, o Ministério de Minas e Energia, desta vez no lugar do almirante Bento Albuquerque. Ainda conforme informações de Noblat, Bolsonaro se rendeu ao ‘Centrão’ e “precisa abrir vagas para abrigar novos aliados”.

“O cotado para o lugar de Albuquerque é o senador Eduardo Braga (MDB), que ambiciona disputar o governo do seu Estado ano que vem contra Omar Aziz (PSD), presidente da CPI da Pandemia”, escreveu o jornalista.

Também na nota, o senador disse que é “lamentável” a especulação ser “feita no momento em que o nosso sistema energético registra a sua maior crise”. “O setor, que é estratégico para qualquer nação, está sem rumo e beira o colapso no Brasil”, reforçou.

Disputa

Apesar do jornalista Ricardo Noblat ter ‘ventilado’ que Braga disputará o Governo do Amazonas. em 2022, contra o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD), a informação é diferente nos bastidores da política amazonense, que dão conta de que a disputa de Braga será contra o atual governador Wilson Lima (PSC), que, aliás, tem forte proximidade com o presidente Jair Bolsonaro.

No dia 4 deste mês, Lima participou da cerimônia de posse de Ciro Nogueira como ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, em Brasília, entre as autoridades convidadas para a solenidade no Palácio do Planalto. Ao discursar, o presidente lembrou da colaboração entre os governos Federal e do Amazonas para o enfrentamento da pandemia.

“Vejo aqui também Wilson Lima, o nosso governador do Amazonas. Passamos momentos difíceis por conta da pandemia, algo que a gente não esperava que podia acontecer. Você foi também uma pessoa importantíssima para que os meios chegassem de forma mais rápida no seu estado”, disse Bolsonaro.

Histórico

Eduardo Braga já foi ministro de Minas e Energia, no governo Dilma Rousseff, entre 2015 a 2016. Ao assumir a pasta, em janeiro de 2015, ele afirmou que um dos seus desafios seria ofertar energia a preço justo, no momento em que os diversos setores produtivos dela necessitavam empreender para a retomada da atividade econômica no País.

No entanto, em outubro de 2015, Braga concedeu um reajuste de 39% na conta de luz elétrica, o que representou uma terceira subida na taxa de energia em menos de um ano. Na época, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que os encargos setoriais com índice de 10,54% e os custos de 24,11% foram os principais fatores para o aumento da tarifa de energia elétrica.

Outdoor

Neste mês, a Justiça Eleitoral negou uma tentativa do senador de retirar um outdoor que o cita como responsável pelo aumento da conta de energia no Amazonas. Braga argumentou que a publicação se tratava de uma campanha negativa antecipada, mas o desembargador Jorge Manoel Lopes Lins alegou que a placa foi colocada fora do período das eleições.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas