AO VIVO
Executivo - 23 de novembro de 2020
Foto:

Em Humaitá, MP-AM investiga locação sem licitação feita por entidade estudantil

Em 2019, o presidente da UMES procurou a administração pública para firmar parceria, após não conseguir mais pagar o aluguel do local em que era localizada a sede

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), pela promotoria de justiça de Humaitá, ajuizou Ação Civil Pública (ACP) por improbidade Administrativa contra Russel Lello Miranda, presidente da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES) da cidade, para apurar eventual prática de improbidade administrativa na locação de um imóvel para atender à entidade, por meio da dispensa de licitação. Após a apuração dos fatos e análise detida do processo licitatório, foi descoberta a prática de atos que ferem os princípios do direito administrativo e causam prejuízo ao dinheiro público.

Em 2019, o presidente da UMES procurou a administração pública para firmar parceria, após não conseguir mais pagar o aluguel do local em que era localizada a sede. O requerido procurou Raimunda Darque de Souza, então secretária municipal de Educação, que conseguiu uma reunião com o prefeito Herivâneo Vieira.

Após essa reunião, foi firmado um Termo de Cooperação em que a prefeitura pagaria o aluguel da UMES. O documento foi firmado sem qualquer concorrência, sem dar oportunidade para outras associações apresentarem projetos semelhantes para poderem concorrer ao subsídio, portanto desrespeitou as exigências legais de impessoalidade, legalidade, eficiência, além das normas licitatórias previstas na Lei n. 8.666/1993.

Foi verificado, ainda, que não houve pesquisa de mercado e a dispensa de licitação foi destinada a contratar a locação do imóvel em que já estava instalada a sede da UMES. O processo foi montado para contratação direta de imóvel sem qualquer pesquisa prévia e/ou comprovação da justificativa.

Também não existe qualquer prestação de contas da UMES para a Prefeitura de Humaitá, apesar de ser cláusula constante no contrato firmado e no termo de cooperação. Ocorre que, conforme declarado por Russel e Raimunda, não houve prestação de contas sobre os trabalhos desenvolvidos pela entidade social.

Os danos causados aos recurso financeiros do Estado foi de mais de R$ 19 mil, levando-se em conta os alugueis pagos durante a o período contratual mais o aditivo. Esse valor será bloqueado das contas correntes dos requeridos e eles precisam apresentar uma resposta escrita em 15 dias e ao final serão julgados procedente o pedido para condenar.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas