AO VIVO

Em Davos, Marina Silva vai contra estudo e espalha fake news sobre Brasil ter 120 milhões de pessoas passando fome

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, espalhou fake news na última terça-feira, 17, ao afirmar que o Brasil tem 120 milhões de pessoas passando fome. A declaração equivocada foi disseminada durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, e rebate dados oficiais sobre o tema e o próprio presidente Luiz Inácio Lula da […]

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, espalhou fake news na última terça-feira, 17, ao afirmar que o Brasil tem 120 milhões de pessoas passando fome. A declaração equivocada foi disseminada durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, e rebate dados oficiais sobre o tema e o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“O mundo é desigual. No meu País, tem 120 milhões de pessoas que estão passando fome. Nós tínhamos saído do Mapa da Fome e agora temos 33 milhões de pessoas que estão vivendo com menos de US$ 1 por dia. A sustentabilidade não é só econômica, não é só ambiental, ela é também social e é também política”, declarou a ministra, no evento.

A fala de Marina Silva repercutiu negativamente no País e foi chamada de “irresponsável, agressiva e mal-intencionada”, já que vai contra levantamentos sobre o caso. Segundo a pesquisa da Rede Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional), divulgado em junho de 2022 em parceria com seis entidades e organizações não-governamentais (ONGs), o País tem 33 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar grave, ou seja, quando há falta de alimentos e a convivência com a fome.

Os dados chegaram a ser usados por Lula durante campanha presidencial nas eleições 2022. O tema também foi pauta entre diversos debates do petista com o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro, que é questionado pelo adversário sobre a solução para o problema.

Em um dos comerciais eleitorais de petista, durante propaganda eleitoral na TV nas eleições 2022, a equipe do então candidato faz reflexões sobre a inflação nos alimentos e a fome no Brasil e cita que “33 milhões de brasileiros”. “Que Brasil você quer? O que trouxe a fome de volta ou o que acabou com a fome no País?”, questiona a narradora, no vídeo.

Entenda

A insegurança alimentar, de acordo com Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (Ebia), é quando a pessoa não tem acesso regular a alimentos, sendo dividida em três níveis: a leve, que é a preocupação ou incerteza sobre se alimentar no futuro; a moderada, quando há ruptura nos padrões de alimentação; e a grave, onde todos os moradores da casa convivem com a fome, incluindo crianças.

No Brasil, além de 33 milhões de pessoas passando fome, outro número assusta. Ainda de acordo com a Rede Penssan, mais da metade da população brasileira, ou seja, cerca de 125,2 milhões de pessoas (58,7%) sofre algum tipo de insegurança alimentar. Para se ter uma melhor dimensão, o número é como se de cada dez famílias, seis enfrentassem dificuldades para comer.

distribuicao percentual da seguranca alimentar brasil 8 jun 2022

Os dados são da Rede Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional)

Sem retorno

O PODER entrou em contato com o Ministério do Meio Ambiente, por meio do e-mail da assessoria de comunicação, disponibilizada no site do governo federal. A reportagem questionou ao órgão qual fonte de dados Marina Silva utilizou ao fazer a declaração sobre o Brasil ter 120 milhões de pessoas passando fome. Até a publicação desta matéria, sem retorno.

Veja também: Declaração de Marina Silva sobre fome no Brasil repercute nas redes sociais; assista

 

Brasil marina silva fome Davos

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas