AO VIVO
Executivo - 10 de novembro de 2023
Foto: Divulgação

David Almeida ameaça promover acampamento contra vereadores

O prefeito de Manaus fez declarações referentes à desaprovação de projeto da prefeitura que visava ter a anuência do parlamento para emprestar R$ 600 milhões junto ao Banco do Brasil

Por: Filipe Távora
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O prefeito de Manaus, David Almeida, desafiou vereadores da Câmara Municipal em um discurso acalorado realizado durante evento de entrega de equipamentos ocorrido nesta sexta-feira (10). Durante transmissão ao vivo feita pela prefeitura, ele afirmou: “vou fazer o povo perturbar esse pessoal que quer maltratá-lo. Político só funciona assim: na pressão. Se no diálogo não funcionar, nós vamos fazer acampamento”. O mesmo fazia declarações referentes a desaprovação de projeto da prefeitura que visava ter a anuência do parlamento para emprestar R$ 600 milhões junto ao Banco do Brasil.

David Almeida disse, que, caso haja alagamentos decorrentes de fortes chuvas, ele mandará famílias afetadas acampar nos gabinetes dos vereadores que votaram contra a solicitação de autorização para o empréstimo milionário feita pela prefeitura e negada pela Câmara. O prefeito afirmou, também, que tinha como planejamento investir em desassoreamento de igarapés para impedir complicações decorrentes das chuvas que se intensificarão a partir de janeiro.

O chefe do Executivo municipal apontou os parlamentares que votaram contra o projeto como culpados pela impossibilidade de concretizar esses planos. “Nós não vamos deixar que esses homens maus possam tratar mal o povo. Eu vou colocar a cara de todo mundo em outdoor. Querem briga? Vão brigar com o povo, não é comigo”, disse.

Durante o pronunciamento feito à população, David afirmou que “vai botar pressão” em todos os eventos dele. “Vinte vereadores de Manaus votaram contra vocês. Eles impediram a aprovação de um empréstimo para recuperarmos duas mil ruas. E vieram me ameaçar ontem. Eu não tenho medo”, declarou.

O prefeito afirmou que os parlamentares “votaram contra a bíblia”, fazendo menção ao projeto de uma construção denominada “Praça da Bíblia”, cujo desenvolvimento foi impedido devido a votações contrárias no Legislativo municipal. “Vereadores evangélicos, que cantam e se ajoelham na igreja, votaram contra a própria bíblia. É absurdo o que aconteceu”, declarou.

Bloqueio financeiro

O discurso de Almeida ocorreu dentro do contexto de tensão gerada entre a Câmara Municipal e a prefeitura da capital depois que o executivo realizou um bloqueio financeiro à Casa Legislativa. Durante coletiva de imprensa ocorrida na tarde dessa quinta-feira (9), o presidente Caio André afirmou que o bloqueio realizado pela prefeitura atrapalhou os trabalhos financeiros do Pode Legislativo municipal. “Isso é inédito. Nunca aconteceu na história desse parlamento, o sistema financeiro do poder legislativo ser bloqueado pelo ente executivo”, disse.

A prefeitura de Manaus emitiu nota referente ao assunto momentos antes da coletiva. Conforme a nota, o valor autorizado para o repasse excedeu o limite estabelecido na Constituição Federal. “Por esse motivo, foi necessário bloquear a parte extra desse dinheiro, para evitar problemas de orçamento e os repasses seguirem normalmente até o último mês do atual exercício fiscal”, declarou a prefeitura, por meio de nota.

Veja a declaração do prefeito em vídeo:

David Almeida câmara #Caio André bloqueio orçamentário

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

29/01
12:18

ALERTA DE BOLSONARO

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro alertou sobre políticos que estariam considerando mudar para o PL visando vantagens nas eleições municipais, deixando claro que seu grupo político não os apoiará. Ele ressaltou a vigilância dos eleitores de direita, destacando que não serão facilmente enganados. Coronel Alfredo Menezes reforçou esse aviso, direcionando aos “espertinhos que se fingem de direita”. Ele enfatizou ainda mais a mensagem, acrescentando referência indireta ao prefeito de Manaus, David Almeida, chamando-o de “pintor melancia oportunista”.

29/01
11:18

REFERÊNCIA

Em live neste domingo (28), o ex-presidente Jair Bolsonaro se defendeu de acusações de operar um suposto sistema de inteligência paralelo. Ao esclarecer sua “inteligência paralela”, ele relevou sua comunicação direta com o Coronel Alfredo Menezes no Amazonas, especialmente em situações críticas, como os incêndios na Amazônia. “Quando falei sobre minha inteligência paralela, quem é essa inteligência paralela? Tem um problema, está pegando fogo lá no Amazonas. Eu ligo para o coronel Menezes, certo? Menezes, como está essa questão dos incêndios aí? Porque a imprensa não está divulgando. E o cara me fala.”, declarou.

Ver mais >>

Programas