AO VIVO

Criminosos usam assinatura falsa de juíza do TJ-AM para aplicar golpes

Nomes de advogados de um escritório também são usados em um esquema para aplicar golpes em clientes

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Criminosos têm usado a logomarca do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), a suposta assinatura da juíza Cláudia Batista e os nomes dos advogados do Escritório Guerra Pelo Consumidor em um esquema para aplicar golpes em clientes do próprio escritório jurídico. Os estelionatários entram em contato com as vítimas e dizem que elas precisam pagar um valor específico para ter acesso aos recursos que esperam receber em processos judiciais.

Para dar mais credibilidade ao pedido de pagamento, os golpistas enviam um informe com a logo do TJAM, além disso, conforme informou o advogado do Escritório Guerra Pelo Consumidor, Flávio Guerra, os criminosos falsificaram a assinatura da juíza, muito respeitada pela classe dos advogados, Cláudia Batista, titular do 13º Juizado Especial Civil, e ainda informaram um pix, passando-se pelo diretor da vara, Marcus Silva. O advogado aguarda a apuração das autoridades competentes para identificar os criminosos.

whatsapp image 2023 03 02 at 10.38.58

“Lamentavelmente estamos passando por uma situação no Brasil onde há muitas quadrilhas e pessoas estelionatárias utilizando os escritórios, o trabalho dos advogados e principalmente o sagrado símbolo da justiça e do Tribunal de Justiça do Amazonas. No nosso caso, tivemos vários clientes contatados por um suposto estelionatário da cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, dizendo que o Tribunal e o Escritório estariam cobrando valores para que fossem liberados outros valores de processos que nem sequer foram sentenciados, que nem sequer foi transitado julgado”, explicou.

whatsapp image 2023 03 02 at 10.38.58 (1)

O advogado Flávio Guerra destacou que o Escritório Guerra Pelo Consumidor não pede nenhum valor adiantado de nenhum cliente e que o trabalho deles é quota litis. “Nenhum servidor, nenhum desembargador e nenhum juiz, nenhum membro do TJAM pede qualquer valor para que seja feito qualquer serviço, todos os serviços, salvo as custas judiciais, são gratuitos”.

whatsapp image 2023 03 02 at 10.38.59

Em comunicado, a administração do Tribunal de Justiça do Amazonas alertou a sociedade para ações fraudulentas notificadas recentemente, por meio das quais pessoas mal intencionadas – ou supostamente quadrilhas – estão fazendo uso de ferramentas de comunicação como o WhatsApp para, indevidamente, em nome no Poder Judiciário, requerer dos destinatários, pagamentos financeiros para liberação de supostos “alvarás”, via sistema BACEN e outros.

“Nestas ações criminosas, os autores têm, inclusive, encaminhado mensagens utilizando, de forma fraudulenta, documentos com timbre do Tribunal de Justiça do Amazonas e até nomes de magistrados na abordagem às pessoas. Ao tempo em que informa que já comunicou o fato ao Ministério Público Estadual para possível instauração de procedimento investigativo, o Tribunal de Justiça do Amazonas salienta que não realiza qualquer tipo de cobrança de eventuais taxas processuais, via WhatsApp, aos jurisdicionados”, informou o comunicado.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

23/02
15:04

“FORA DA CURVA”

“Amom é um político ‘fora da curva’, diferenciado e um grande fenômeno no estado do Amazonas. Agregar apoio político e popular aos 23 anos de idade é algo que ocorre de tempos em tempos.” O comentário foi feito na manhã desta sexta-feira (23), no evento de lançamento da pré-candidatura do deputado federal Amom Mandel (Cidadania) a prefeito de Manaus, à reportagem do site O Poder.com pelo experiente político e membro do PSDB-AM, Humberto Michiles.

23/02
14:46

VICE DE AMOM?

O pré-candidato oficial da Federação PSDB-Cidadania, deputado federal Amom Mandel, tem a liberdade de escolher quem será seu vice na chapa à prefeitura de Manaus, sem nenhuma intervenção dos partidos e apoiadores de sua campanha. A afirmação foi feita pelo senador Plínio Valério, presidente da federação, em entrevista ao site OPoder.com. Amom afirmou que as conversas estão avançadas, mas ainda não há um nome definido.

08/02
14:52

FINANCIAMENTO PÚBLICO X PRIVADO

O deputado Adjuto Afonso (UB) comentou nesta quinta-feira, 08/02, durante o lançamento do programa de financiamento + Créditos Amazonas da AFEAM, que o governo tem facilitado muito para o microempreendedor do interior através do programa. Para o deputado, não foi surpresa o anúncio da agência ser a primeira do país em financiamento público para microempreendedores. Oriundo da calha do rio Purus, ele fala com propriedade.

01/02
11:45

VAI DE PDT

O vereador de Itacoatiara, Arnoud Lucas, que é pré-candidato à prefeitura daquele município, revelou ao site O Poder que aguardará o período da janela partidária (7 de março a 5 de abril) para sair do atual partido em que está filiado, o Partido Verde (PV), e mudar para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). Ele afirmou que já recebeu o aval do presidente estadual da legenda no Amazonas, o ex-deputado estadual Luiz Castro, e acredita que terá no PDT-AM o suporte necessário para viabilizar o seu projeto de candidatura à prefeitura de Itacoatiara.

30/01
12:16

DISCORDÂNCIAS DE DESTERRO

Na 2ª sessão ordinária do TCE-AM em 30/01/2024, o conselheiro Érico Desterro expressou descontentamento com a mudança de postura do tribunal em relação aos pedidos de vista, lamentando a proibição de vistas para ausentes na sessão, embora tenha usado esse recurso. Apesar de concordar com a nova decisão, pediu sua aplicação uniforme. Surpreendido com a publicação de uma resolução sobre mudanças nas datas das câmaras, alegou falta de aprovação pelo pleno, solicitando revisão do procedimento. Apesar da derrota nesse tema, comprometeu-se a manter as sessões às segundas-feiras até a alteração no Regimento Interno.

Ver mais >>

Programas