AO VIVO
Executivo - 06 de abril de 2024
Foto:

Condenado por corrupção e abuso sexual infantil, Adail é oficializado candidato a prefeito de Coari

O Diretório Municipal do Partido Republicanos anunciou oficialmente neste sábado (6/4) a pré-candidatura de Adail Pinheiro a Prefeitura de Coari nas Eleições de 2024

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O Diretório Municipal do Partido Republicanos anunciou oficialmente neste sábado (6/4) a pré-candidatura de Adail Pinheiro a Prefeitura de Coari nas Eleições de 2024. O ato ocorreu no Telhadão Maçônico, com a participação de mais de 5 mil coarienses.

O lançamento contou com a presença do presidente Estadual do Republicanos, dos deputados federais Silas Câmara e Adail Filho, da deputada estadual Mayara Pinheiro, e do prefeito de Coari, Keitton Pinheiro, além de vereadores e pré-candidatos ao cargo de vereador do município. Adail Pinheiro conta com o apoio dos senadores Eduardo Braga, Omar Aziz e Plínio Valério, e do governador do Amazonas, Wilson Lima.

No passado, o político exerceu três mandatos de prefeito em Coari.

Em novembro de 2023, o prefeito Keitton anunciou que não concorreria à reeleição em 2024 e adiantou que seu sucessor na disputa eleitoral seria o ex-prefeito Adail Pinheiro. “Não há outro candidato senão Adail Pinheiro, o nosso líder maior, com toda a honra e toda a glória. Vou repetir: o nosso pré-candidato a prefeito, em 2024, é o ‘prefeito’ Adail Pinheiro”, afirmou em entrevista numa emissora de rádio.

Histórico

Em novembro de 2014, Adail Pinheiro foi condenado pela Justiça do Amazonas a uma pena de 11 anos e dez meses de prisão por crimes relacionados à prostituição e exploração sexual de menores. Em janeiro de 2017, ele recebeu um indulto presidencial, estabelecido durante o governo de Michel Temer, o que resultou na extinção de sua pena. O indulto foi concedido pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) com apoio do Ministério Público do Amazonas (MPAM).

Posteriormente, em setembro de 2021, o Tjam rejeitou um pedido de Adail para anular sua condenação. Ele argumentava que o juiz Rafael Romano, que o havia condenado, não era imparcial devido à sua própria condenação por crimes sexuais. No entanto, os magistrados, liderados pelo desembargador Abraham Peixoto Campos Filho, consideraram o pedido de Adail improcedente.

Investigações e relatos, incluindo uma série de reportagens do programa Fantástico, da TV Globo, revelaram o envolvimento de Adail em um esquema de exploração sexual de menores. A Operação Vorax da Polícia Federal, iniciada em 2008, também apontou Adail e seus aliados políticos como participantes em um esquema de desvio de mais de R$ 46 milhões da Prefeitura de Coari.

Além disso, Adail foi condenado pela Justiça Federal em 2010 a mais de 57 anos de prisão por uma série de crimes, incluindo desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. Ele e outros 28 acusados foram identificados como parte de um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos na Prefeitura de Coari.

Adail também enfrenta condenações no Tribunal de Contas da União por irregularidades em prestações de contas, inclusive na educação. Em maio de 2022, ele foi condenado a devolver fundos ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação devido a irregularidades no Programa Nacional de Transporte Escolar. Em 2014, o Tribunal Superior Eleitoral cassou seus direitos políticos, e um pedido para a recuperação desses direitos teve provimento pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) no mês passado.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas