AO VIVO
Executivo - 11 de dezembro de 2020
Foto:

Comunidades indígenas de Amaturá protocolam denúncia contra o prefeito eleito José Eufrásio

De acordo com fontes ouvidas pelo site O PODER, José Eufrásio, o ‘Zezinho’, teria praticado supostos atos ilegais durante o processo eleitoral, como compra de votos e oferta de bebidas alcoólicas, tijolos e motores para indígenas

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Integrantes de comunidades indígenas do município de Amaturá (distante 909 quilômetros de Manaus) ingressaram com uma denúncia, nesta segunda-feira (7), na 22ª Zona Eleitoral, em que pedem providências acerca das eleições na região. Isto porque, de acordo com o documento ao qual o site O PODER teve acesso, o prefeito eleito José Eufrásio (Pros), o ‘Zezinho’, teria praticado uma série de ilegalidades durante o processo eleitoral deste ano. Dentre elas, suposta compra de votos, além de distribuição de bebidas alcoólicas, tijolos e motores para indígenas.

O prefeito eleito de Amaturá, José Eufrásio (Imagem: Reprodução)

Conforme fonte entrevistada pela equipe de reportagem, que preferiu não ser identificada, ‘Zezinho’, juntamente com seu vice Evandro Lopes (Avante), distribuía as bebidas alcoólicas durante os eventos partidários nas comunidades, com o objetivo de incitar possíveis brigas com integrantes de partidos concorrentes. “Ele levava secretamente (a bebida) para que a juventude da área indígena ‘fizesse’ violência contra outros partidos, para querer briga com outro partido e obrigar a votar nele”, disse a fonte.

Evento ocorrido em comunidade no município de Amaturá sem protocolo para combater o novo coronavírus

No documento, assinado por caciques, agentes de saúde, motoristas e agricultores, consta que as comunidades “repudiam a atitude desse candidato com os indígenas”, pois ambos (‘Zezinho’ e o vice) teriam utilizado de “irregularidades para ter o voto dos nossos irmãos, desrespeitando as leis indígenas e os decretos da Justiça Eleitoral, do município, da Declaração da Onu (Organização das Nações Unidas) e da OIT (Organização Internacional do Trabalho)”.

Ainda segundo a fonte do site O PODER, ‘Zezinho’ teria distribuído tijolos e motores pelas comunidades. “Compraram votos na Cordeiro de Deus, na Nova Itália e na Nova Galiléia (todas comunidades). Distribuíram um milheiro de tijolo, que está lá, e motor ‘rabetão’ de 13hp. O pessoal dele que fez isso”, afirmou.

Leia a denúncia registrada na 22ª Zona Eleitoral

José Eufrásio tem 50 anos, teve 36,22% dos votos e declarou mais de R$ 3,5 milhões em bens. No site DivulCand, criado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), consta que ‘Zezinho’ possui carro, flutuante, ponto comercial, terrenos, balsa de ferro, embarcação e um porto avaliado em R$ 1 milhão. Sua coligação, formada apenas pelo Pros e Avante tinha como lema ‘Reconstruindo Amaturá Com os Filhos da Terra’. “Ele venceu a eleição não apenas pelo pessoal dele, mas pelo vice que todo santo dia estava nas comunidades falando mentiras e comprando votos”.

Outra fonte ouvida pela equipe de reportagem disse, ainda, que espera que Ministério Público Eleitoral (MPE-AM) tome ciência da denúncia e que uma nova eleição possa ser convocada. “Já que existe a proibição de compra de votos, isso tem que entrar em ação para ‘desvalorizar’ essa eleição. Os concorrentes não comprar nenhum voto. O povo está revoltado! Até os próprios eleitores dele estão revoltados. Essa é a revolução do povo”, finalizou.

A equipe d’O PODER tentou entrar em contato com José Eufrásio por meio do telefone (97) 99173-84XX, para saber se ele já tinha ciência da denúncia, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas