AO VIVO
Economia - 08 de maio de 2022
Foto:

Políticos e influenciadores propagam desinformação nas redes sociais sobre a ZFM

Publicações ganharam força após decisão do ministro Alexandre de Moraes de impedir a redução de IPI aos produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Políticos, economistas e influenciadores digitais com força na internet têm propagado desinformação acerca da Zona Franca de Manaus (ZFM) nos últimos dias nas redes sociais. As publicações com informações distorcidas ganharam força após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes conceder liminar impedindo que os produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus (PIM) sofram redução no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), determinado por meio de recentes decretos publicados pelo Governo Federal. A decisão do magistrado, vale destacar, não se estende ao restante do País.

Nomes como Salim Mattar, Alexis Fonteyene, Bárbara Destefani (Te Atualizei) e Leandro Narloch são alguns dos exemplos.

Fonteyene, que é deputado federal pelo Novo de São Paulo, afirmou que o Brasil está refém da Zona Franca de Manaus e disse, de maneira equivocada, que os produtos industrializados do Brasil não terão redução de IPI por conta do chamou de “distorção tributária que prejudica a nação”.

“O Brasil está refém da Zona Franca de Manaus! Não conseguimos reduzir o IPI de todos os produtos industrializados do Brasil porque a ZFM não pode perder a sua ‘vantagem competitiva’ baseada numa distorção tributária que prejudica toda a nossa nação. A ZFM tem que buscar a sua competência baseada na sua vocação natural, o crédito de carbono, a bioeconomia, o turismo, a pesca, call center, etc. Produzir a moto zero Km mais rodada do mundo não cabe mais! Impor o custo Brasil ZFM não cabe mais!”, escreveu o parlamentar.

“A ZFM não pode inviabilizar a redução de IPI de todo o Brasil para manter o seu privilégio tributário. O atual modelo é ultrapassado, insustentável e sequestra todo o Brasil!”, concluiu o político do Novo.

Já Destefani, conhecida como Te Atualizei, e que tem 1 milhão de seguidores no Twitter e mais de 1,5 milhão no Youtube, publicou a falsa informação de que todo o Brasil deixará de pagar menos imposto após a decisão de Alexandre de Moraes.

“Alexandre de Moraes agora decide que o brasileiro não vai ter redução de 35% de imposto para não prejudicar a Zona Franca de Manaus. Entenda: O Brasil inteiro não deixará de pagar 35% de imposto porque o Alexandre decidiu que não é justo”, disse.

https://twitter.com/taoquei1/status/1522638035980070913

Interferência

Mattar, que foi secretário de Desestatização do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) até agosto 2020 e é presidente da Localiza, empresa de locação de automóveis, lamentou no Twitter a decisão de Moraes e afirmou que se trata de uma interferência no Poder Executivo.

“Mais uma interferência do STF no Executivo! Ministro Alexandre de Moraes acolheu pedido do Solidariedade e suspendeu a redução do IPI para produtos produzidos pela Zona Franca de Manaus. É lamentável que interesses corporativistas prevaleçam sobre o interesse dos brasileiros.

Essas publicação são a prova de que além de defender o modelo e buscar alternativa econômicas para não tornar o Amazonas eternamente refém da ZFM, é preciso divulgar ainda mais a importância do modelo para manutenção da Floresta Amazônica de pé, que é uma das maiores riquezas do Brasil e um ativo político importante internacionalmente.

Desinformação Política Brasil IPI zona franca de manaus

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/06
12:04

NOVA INCURSÃO

Para aqueles que acreditavam que o prefeito David Almeida havia definitivamente desistido de contar com o PL em sua reeleição, os movimentos da última semana apenas confirmaram a velha máxima da política: é tudo “como nuvem”. Nos bastidores e a portas fechadas, as discussões sobre uma possível aliança voltaram à tona. O motivo é que o PT se mostrou entusiasmado e começou a articular para fortalecer a candidatura de Marcelo Ramos, com apoio potencial do PSD e do MDB. Sem esses partidos, David ficaria sem fundo eleitoral suficiente para cobrir uma campanha majoritária e sem tempo de televisão.

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

Ver mais >>

Programas