AO VIVO

Parlamentares do AM compõem grupo que vai analisar Reforma Tributária na Câmara; confira

A Reforma Tributária é a principal pauta defendida pelo governo Lula e é vista como uma ameaça ao modelo da Zona Franca de Manaus (ZFM)

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MANAUS | AM

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), divulgou, nesta quarta-feira (15), os nomes dos parlamentares que irão compor o grupo de trabalho de Reforma Tributária. Entre os 12 deputados federais indicados, três representam o Amazonas, são eles: Adail Filho (Republicanos), Saullo Vianna (União Brasil) e Sidney Leite (PSD).

Os parlamentares irão debater a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 45/2019, que altera o Sistema Tributário Nacional e dá outras providências. De acordo com o ato de criação do grupo, os deputados terão prazo de 90 dias para concluir suas atividades, contados a partir da publicação da medida, e prorrogáveis por igual período mediante solicitação da presidência da Câmara.

Ainda segundo o documento, a coordenação do grupo é do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) e a relatoria é do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). “A critério do colegiado e visando à qualificação dos trabalhos, poderão ser realizadas audiências públicas e reuniões com órgãos e entidades da sociedade civil organizada, bem assim com profissionais, juristas e autoridades no estudo do objeto em debate no âmbito do grupo de trabalho”, estabelece o ato, em um parágrafo único.

Além dos deputados do Amazonas, o grupo é composto por quatro parlamentares de São Paulo: Ivan Valente (Psol), Jonas Donizette (PSB), Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL) e Vitor Lippi (PSDB); dois de Minas Gerais: Reginaldo Lopes (PT) e Newton Cardoso Junior (MDB); além de Aguinaldo Ribeiro (PP da Paraíba); Mauro Benevides Filho (PDT do Ceará); e Glaustin da Fokus (PSC de Goiás).

Reforma Tributária

A Reforma Tributária é a principal pauta defendida pelo governo Lula desde os primeiros dias de 2023, quando iniciou a nova gestão. Tanto na Câmara e quanto no Senado, textos sobre o tema já tramitam em estado avançado e têm como uma das propostas extinguir a cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

A medida é encarada como uma “verdadeira ameaças” à Zona Franca de Manaus (ZFM). Na análise de especialistas, as propostas discutidas não garantem benefícios para a ZFM, cujo modelo econômico depende dos subsídios para ter competitividade nacional, já que as empresas se instalam na região – que é isolada logisticamente – em troca de isenção fiscal.

No ano passado, durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), decretos de redução do imposto foram publicados e a redução chegou a ser de 35%. À época, analistas e políticos afirmavam que se tratava de um possível fim do modelo.

O site O PODER tenta contato com os deputados federais Adail Filho, Saullo Vianna e Sidney Leite para saber como os parlamentares vão articular com o grupo de Reforma Tributária da Câmara a fim de garantir os benefícios tributários da ZFM e a competividade da região em âmbito nacional.

Ações

No Amazonas, representantes do Estado já buscam ações para defender o modelo econômico ante uma possível exclusão de benefícios fiscais. Na semana passada, a Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e a Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz), do Governo do Estado se reuniram, em Manaus, com membros do Comitê de Assuntos Tributários Estratégicos (Cate) para tratar da Reforma Tributária.

De acordo com o secretário da Sedecti e ex-deputado federal, Pauderney Avelino, o comitê vai trabalhar que já foi feito em gestões anteriores sobre o estudo da Reforma Tributária e propor o entendimento da atual gestão do Estado quanto às novas pautas defendidas pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Confira, na íntegra. o ato de criação do grupo de trabalho aqui: Ato-do-Presidente-GT-Reforma

 

Texto: Bruno Pacheco | O Poder

Foto: Divulgação

 

 

#Amazonas parlamentares #Reforma Tributária

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas