AO VIVO

Governo do Amazonas participa da solenidade em comemoração aos 50 anos da BIC Amazônia

MANAUS | AM O Governo do Amazonas participou nesta terça-feira, 21/03, da solenidade em comemoração aos 50 anos da BIC Amazônia no Polo Industrial de Manaus. A fábrica responde pela geração de mais de 820 empregos diretos e 150 terceirizados, movimentando R$500 milhões nos últimos 10 anos, com práticas de sustentabilidade ambiental, processos de qualidade […]

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MANAUS | AM

O Governo do Amazonas participou nesta terça-feira, 21/03, da solenidade em comemoração aos 50 anos da BIC Amazônia no Polo Industrial de Manaus. A fábrica responde pela geração de mais de 820 empregos diretos e 150 terceirizados, movimentando R$500 milhões nos últimos 10 anos, com práticas de sustentabilidade ambiental, processos de qualidade e valorização do capital humano.

O grupo detém uma linha de 3,7 milhões de produtos por dia, totalizando 1,3 bilhão por ano. No PIM desde 1973, seis anos depois da criação da Zona Franca de Manaus, a BIC demonstra o grau de confiança do modelo.

O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), que é vinculado ao gabinete do governador, aprova os projetos das empresas privadas concedendo incentivos fiscais estaduais, com base na Lei 2826/2003. O incentivo dado pelo Governo no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço (ICMS) vai de 55% até 90%, levando em consideração onde cada produto se adequa e a contrapartida das empresas que são os investimentos e geração de emprego.

“Nos últimos quatro anos, o Amazonas teve investimentos que superam R$ 44 bilhões, geração de 30 mil empregos diretos, e a Bic deixa esse legado de empresa de alta gestão corporativa, uma empresa que valoriza o capital humano, uma empresa que tem verniz de sustentabilidade, uma empresa que tem vários processos interno. E é um exemplo de quanto o modelo Zona Franca de Manaus é fortalecido, é um modelo seguro e blindado constitucionalmente”, disse Tadeu de Souza, vice-governador do Amazonas, que representou o governador Wilson Lima no evento.

A fábrica da BIC Amazônia é a única planta multinacional a produzir todas as suas categorias de produtos, e reconhecida pela qualidade de suas operações industriais.

O diretor da fábrica, Jean Marc Hamon, destacou a importância da população amazonense na construção dessa história de sucesso. “O grupo BIC acreditou nas pessoas da região amazônica, pois nos mostraram seu comprometimento desde o início, quando começamos com os 50 trabalhadores, e os talentos locais mostraram para os diretores da BIC que podiam investir em Manaus, investir na população do Amazonas, porque aqui daria certo, assim como deu e hoje estamos aqui completando 50 anos nesse importante modelo que é a Zona Franca”, explicou.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antônio Carlos da Silva, salientou a relevância da presença da BIC Amazônia no PIM e o quanto isso é passível de orgulho e consequência da confiança que o modelo proporciona.

“Orgulho é o sentimento que compartilho com todos vocês por estarmos aqui celebrando meio século dessa empresa no Polo Industrial de Manaus, o que demonstra o quanto esse modelo dá certo, demonstrando o grau de confiança que nosso modelo recebe”.

O superintendente interino da Zona Franca de Manaus (Suframa), Marcelo Souza Pereira, destacou a história da Zona Franca e a importância para o mundo. “Nós ainda temos mais 50 anos garantidos constitucionalmente no modelo Zona Franca, e nós temos no Governo do Estado e na Prefeitura de Manaus líderes que compactuam com esse modelo, e estou aqui vendo empresários, empreendedores que compactuam com essa ideia, e já fizeram daqui de Manaus sua casa.Precisamos cuidar e ver a real importância não só local, mas para todo o Brasil e o mundo”

FOTO: Ricardo Machado e Alex Pazuello (Secom)

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

18/07
14:40

CUSTA PROCESSUAIS

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) fixou uma tese em um Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) sobre o recolhimento de custas processuais para citação em processos judiciais. A tese estabelece que a falta de pagamento das custas necessárias à citação configura ausência de pressuposto para o desenvolvimento regular do processo, permitindo sua extinção caso não haja regularização dentro do prazo estabelecido, sem necessidade de prévia intimação pessoal do autor. A decisão visa uniformizar o entendimento e garantir a segurança jurídica no TJAM.

18/07
14:38

PROJETO DE DÉBORA

A deputada estadual Débora Menezes apresentou o Projeto de Lei 372/2024 para fixar o critério do sexo biológico em testes físicos ou práticos de concursos públicos no Amazonas, visando garantir o princípio da isonomia. Segundo a proposta, os candidatos competiriam apenas com pessoas do mesmo sexo biológico nessas etapas, mantendo a concorrência justa sem interferir nas provas teóricas. Débora argumenta que isso preservaria a integridade das competições e evitaria desigualdades decorrentes de diferenças fisiológicas entre homens e mulheres.

18/07
14:37

“ESCOLA DA FLORESTA”

Nesta terça-feira, o governador Wilson Lima inaugurou a primeira Escola da Floresta do Brasil na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no interior do estado. A escola adota um conceito de sustentabilidade integral e um currículo inovador focado em educação ambiental. Lima enfatizou a importância de cuidar das comunidades locais para proteger a Amazônia, destacando a iniciativa como um modelo inspirador de desenvolvimento sustentável e educação integrada à conservação ambiental.

18/07
14:36

AUXÍLIO DO GOVERNO

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta terça-feira, o valor de R$ 30 mil como auxílio para reposição de moradias de cada uma das 18 famílias afetadas por um incêndio de grandes proporções no município de Nhamundá, no interior do estado. O sinistro, ocorrido na madrugada de segunda-feira, atingiu 14 residências e deixou 69 pessoas desabrigadas. O auxílio será pago por meio do programa Amazonas Meu Lar.

17/07
13:33

FOMENTO

O governador Wilson Lima assinou um protocolo de intenções com o Banco da Amazônia para impulsionar o setor primário e o empreendedorismo no Amazonas, com investimentos previstos de R$ 1,4 bilhão do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). A iniciativa reforça o compromisso do governo com o desenvolvimento sustentável do estado, focando no apoio à agricultura familiar e outros setores produtivos.

Ver mais >>

Programas