AO VIVO
Legislativo - 24 de março de 2022
Foto:

Vereador cobra controle populacional de animais e alerta sobre zoonose em Manaus

Manaus-AM O vereador Kennedy Marques – Protetor classificou como um erro a falta de informação por parte do poder público, sobre a grande incidência de esporotricose, doença causada por fungo e mais comum em gatos, na capital amazonense. O parlamentar foi acometido pela doença que atinge animais e humanos. Ele fundou a Organização Não Governamental […]

Por: Thiago Gonçalves
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus-AM

O vereador Kennedy Marques – Protetor classificou como um erro a falta de informação por parte do poder público, sobre a grande incidência de esporotricose, doença causada por fungo e mais comum em gatos, na capital amazonense. O parlamentar foi acometido pela doença que atinge animais e humanos. Ele fundou a Organização Não Governamental Anjos de Rua e, atualmente, é voluntário na realização de serviços e atendimentos da instituição.

Em entrevista ao Jornal da Cidade, da Rádio ZLZN, o vereador revelou que na Fundação de Medicina Tropical, na zona Centro-Oeste da cidade, existe uma ala especial para tratamento de pessoas acometidas pela infecção, mas nunca houve divulgação.

“No Hospital Tropical, logo em seguida, o médico quando viu disse é esporotricose. Na unidade há uma ala especial hoje só para esporotricose, mas isso nunca foi divulgado. Para você ver a incidência, o volume de pessoas com a doença, de pacientes.”,  relatou o parlamentar.

Responsabilidade?

O vereador defendeu que é preciso definir de quem é a responsabilidade do controle populacional de animais na capital e viabilizar o combate às zoonoses em Manaus, incluindo a esporotricose.

“A doença é tratável, mas ela é uma zoonose, passa de pessoas para animais, de animais para pessoas, então é preciso haver um trabalho no sentido de controle populacional dos animais e combater as mazelas da causa animal.”, ressaltou o vereador.

De acordo com o parlamentar, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) não considera a necessidade da medida (controle populacional de animais) como sua competência.

“Há uma certa rejeição por parte da secretaria de saúde que não aceita que o controle populacional seja de responsabilidade deles. No entanto, a vida inteira, é no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) que fazem as castrações cirúrgicas de cães e gatos. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente diz que não tem arcabouço jurídico sobre a questão.”, afirmou Kennedy Marques.  “Caberia definir de quem é a responsabilidade. Causa animal e saúde pública precisam ser relacionadas, sim.”, complementou.

Casos graves de animais em situação de rua com esporotricose precisam ser eutanasiados. “A gente lamenta. Alguns animais, gatos agressivos, infelizmente é difícil o tratamento.”, disse o vereador.

O parlamentar tranquiliza a população sobre a doença e reforça a importância do controle populacional dos animais.

“Eu faço questão de dizer que as pessoas não entrem em pânico. Existe tratamento para pessoas no Hospital Tropical, via oral. A concentração de casos de esporotricose que apareceu foi ali na zona Oeste, mas eu cobro mais uma vez: o controle populacional de animais é muito importante nesse momento.”, finalizou Marques.

Esporotricose 

É uma doença crônica e esporádica causada por um fungo, presente no solo e na vegetação. Pode afetar diversas espécies de animais, incluindo cães e gatos e ainda pode ser transmitida ao ser humano, por isso é imprescindível ter alguns cuidados. Os gatos são os mais suscetíveis à infecção, que pode ser disseminada para os humanos.

Nos felinos, os sintomas mais comuns são feridas profundas na pele, geralmente com pus, que não cicatrizam e costumam evoluir rapidamente e espirros frequentes.

Em humanos, os sintomas da esporotricose aparecem após a contaminação do fungo na pele. O desenvolvimento da lesão inicial é bem similar a uma picada de inseto, podendo evoluir para cura espontânea. Em casos mais graves, por exemplo, quando o fungo afeta os pulmões, podem surgir tosse, falta de ar, dor ao respirar e febre.

am #vereador animais esporotricose gatos #Amazonas Manaus

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

18/07
14:40

CUSTA PROCESSUAIS

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) fixou uma tese em um Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) sobre o recolhimento de custas processuais para citação em processos judiciais. A tese estabelece que a falta de pagamento das custas necessárias à citação configura ausência de pressuposto para o desenvolvimento regular do processo, permitindo sua extinção caso não haja regularização dentro do prazo estabelecido, sem necessidade de prévia intimação pessoal do autor. A decisão visa uniformizar o entendimento e garantir a segurança jurídica no TJAM.

18/07
14:38

PROJETO DE DÉBORA

A deputada estadual Débora Menezes apresentou o Projeto de Lei 372/2024 para fixar o critério do sexo biológico em testes físicos ou práticos de concursos públicos no Amazonas, visando garantir o princípio da isonomia. Segundo a proposta, os candidatos competiriam apenas com pessoas do mesmo sexo biológico nessas etapas, mantendo a concorrência justa sem interferir nas provas teóricas. Débora argumenta que isso preservaria a integridade das competições e evitaria desigualdades decorrentes de diferenças fisiológicas entre homens e mulheres.

18/07
14:37

“ESCOLA DA FLORESTA”

Nesta terça-feira, o governador Wilson Lima inaugurou a primeira Escola da Floresta do Brasil na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no interior do estado. A escola adota um conceito de sustentabilidade integral e um currículo inovador focado em educação ambiental. Lima enfatizou a importância de cuidar das comunidades locais para proteger a Amazônia, destacando a iniciativa como um modelo inspirador de desenvolvimento sustentável e educação integrada à conservação ambiental.

18/07
14:36

AUXÍLIO DO GOVERNO

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta terça-feira, o valor de R$ 30 mil como auxílio para reposição de moradias de cada uma das 18 famílias afetadas por um incêndio de grandes proporções no município de Nhamundá, no interior do estado. O sinistro, ocorrido na madrugada de segunda-feira, atingiu 14 residências e deixou 69 pessoas desabrigadas. O auxílio será pago por meio do programa Amazonas Meu Lar.

17/07
13:33

FOMENTO

O governador Wilson Lima assinou um protocolo de intenções com o Banco da Amazônia para impulsionar o setor primário e o empreendedorismo no Amazonas, com investimentos previstos de R$ 1,4 bilhão do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). A iniciativa reforça o compromisso do governo com o desenvolvimento sustentável do estado, focando no apoio à agricultura familiar e outros setores produtivos.

Ver mais >>

Programas