AO VIVO
Legislativo - 15 de março de 2022
Foto:

Plínio Valério começa a se consolidar como liderança do PSDB no Amazonas

Durante entrevista ao JORNAL DA CIDADE, transmitido na RÁDIO ZLZN, o senador Plínio Valério criticou as atitudes arbitrárias tomadas pelo ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, para tentar impedir sua candidatura ao Governo do Amazonas

Por: Sammy Lima
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Com partido e mandato na mão, e lutando para ser candidato ao Governo do Estado, o senador Plínio (PSDB) mostra força, inclusive com apoio de dirigentes nacionais de partidos, contra a falta de diálogo e liderança do ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgilio (PSDB).

Em entrevista ao quadro ‘Conversa Política’, no JORNAL DA CIDADE, transmitido pela RÁDIO ZLZN, nesta terça-feira (15), Valério destacou vários pontos importantes que consolidam essa sua liderança e os contras enfrentados para essa nova fase que nem começou e já tem gerado problematização.

O senador destacou as atitudes de Arthur Neto em relação a sua candidatura. “Não sei porque o Arthur está resistindo tanto a isso. Sei que ele quer o Amazonino de volta ao governo, mas deixa o Amazonino para outro partido, não tem porque trazer para o PSDB”, declarou.

Ele disse que em sua candidatura tem o apoio da bancada nacional e espera que Arthur esteja refletindo sobre as ameaças feitas à sua família. “Até admito o Arthur ser candidato ao Senado no PSDB ajudando o Amazonino, mas ele não pode impedir que um ‘cara’ do PSDB como eu, seja candidato ao Governo. Tenho apoio da bancada do Senado e da direção nacional. ‘Bora’ ver se o Arthur já refletiu. O Arthur atacou a minha família. Então vamos ver se ele ja fez alguma reflexão e percebeu o exagero que cometeu, mas tenho apoio da nacional sim”, afirmou o senador.

Valério descreve sua personalidade como senador de “alguém humilde”, contudo, tal personalidade traz consigo uma confusão e explica o porque. “A minha figura de senador é aquela figura humana que brinca, todo mundo me cumprimenta e é isso aí. Agora, tem gente que quer confundir isso com outra coisa. Eu sou senador da República e o Arthur é ex. O Arthur está há 32 anos no comando do PSDB, ao ponto dele achar que o CNPJ do PSDB é o CPF dele, ele confundiu tudo. PSDB é um partido grande e tem que ser respeitado como tal, e sou representante desse partido no Amazonas”.

Na entrevista com o CEO da REDE NORTE DIGITAL, jornalista Álvaro Corado, o senador concorda com falas do entrevistador, no que diz respeito ao partido precisar de uma oxigenação.

“Sua leitura é perfeita. O partido esta murchando, perdendo o Alckmin. Ao que tudo indica, de hoje para amanhã, vamos perder o Eduardo Leite. Estamos falando do governador do Rio Grande do Sul, e o partido precisa oxigenar. Então faz parte da política nacional essa oxigenação. Manaus é a capital do Amazônia, quando você fala em Amazônia, você fala em Amazonas. O partido não vai abrir mão disso. Imagina o que seria o PSDB candidatando o Amazonino Mendes e apoiando o Eduardo Braga? Não tem cabimento”, ressaltou.

Ainda nesta terça, Plínio Valério anunciou que vai adiar o anúncio da sua candidatura para sexta-feira (18) ou para próxima semana, em virtude dessa disputa interna e da ida do Arthur a São Paulo. “Com esse tsunami aí, com essa resistência do Arthur, a gente talvez faça na sexta ou melhor mesmo na semana, a agenda ficou cheia de entrevista, então tenho que esclarecer essa situação ai com o Arthur, mas eu faço sim. O Arthur foi para São Paulo chorar no colo do Dória, ele foi pedir para o Dória interferir na Nacional pra que acabe com isso. Em ralação ao PSDB eu vou esperar, vamos ver como Arthur se comporta daqui pra frente e eu tenho que avançar”, confirma.

Política #Governo do Amazonas #plínio Valério Senador Arthur neto #Amazonas Manaus

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

18/07
14:40

CUSTA PROCESSUAIS

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) fixou uma tese em um Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas (IRDR) sobre o recolhimento de custas processuais para citação em processos judiciais. A tese estabelece que a falta de pagamento das custas necessárias à citação configura ausência de pressuposto para o desenvolvimento regular do processo, permitindo sua extinção caso não haja regularização dentro do prazo estabelecido, sem necessidade de prévia intimação pessoal do autor. A decisão visa uniformizar o entendimento e garantir a segurança jurídica no TJAM.

18/07
14:38

PROJETO DE DÉBORA

A deputada estadual Débora Menezes apresentou o Projeto de Lei 372/2024 para fixar o critério do sexo biológico em testes físicos ou práticos de concursos públicos no Amazonas, visando garantir o princípio da isonomia. Segundo a proposta, os candidatos competiriam apenas com pessoas do mesmo sexo biológico nessas etapas, mantendo a concorrência justa sem interferir nas provas teóricas. Débora argumenta que isso preservaria a integridade das competições e evitaria desigualdades decorrentes de diferenças fisiológicas entre homens e mulheres.

18/07
14:37

“ESCOLA DA FLORESTA”

Nesta terça-feira, o governador Wilson Lima inaugurou a primeira Escola da Floresta do Brasil na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no interior do estado. A escola adota um conceito de sustentabilidade integral e um currículo inovador focado em educação ambiental. Lima enfatizou a importância de cuidar das comunidades locais para proteger a Amazônia, destacando a iniciativa como um modelo inspirador de desenvolvimento sustentável e educação integrada à conservação ambiental.

18/07
14:36

AUXÍLIO DO GOVERNO

O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta terça-feira, o valor de R$ 30 mil como auxílio para reposição de moradias de cada uma das 18 famílias afetadas por um incêndio de grandes proporções no município de Nhamundá, no interior do estado. O sinistro, ocorrido na madrugada de segunda-feira, atingiu 14 residências e deixou 69 pessoas desabrigadas. O auxílio será pago por meio do programa Amazonas Meu Lar.

17/07
13:33

FOMENTO

O governador Wilson Lima assinou um protocolo de intenções com o Banco da Amazônia para impulsionar o setor primário e o empreendedorismo no Amazonas, com investimentos previstos de R$ 1,4 bilhão do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO). A iniciativa reforça o compromisso do governo com o desenvolvimento sustentável do estado, focando no apoio à agricultura familiar e outros setores produtivos.

Ver mais >>

Programas