AO VIVO
Legislativo - 10 de março de 2022
Foto:

Criação de Galeria das Vereadoras na Câmara de Manaus é aprovada em pauta com 21 projetos

A proposta destina um espaço no Memorial da Câmara de Manaus para exposição permanente de fotos e breves biografias das ex-vereadoras, como forma de homenagear as parlamentares

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM | Com informações da assessoria de imprensa

A pauta da reunião ordinária da Câmara Municipal de Manaus (CMM), votada nesta quarta-feira (9), durante a sessão plenária, teve a análise de 21 projetos, sendo 11 deliberações. Dentre eles, o que cria uma lei que fixa normas de inspeção e de fiscalização sanitária no Município de Manaus, para a industrialização, o beneficiamento e a comercialização de produtos e subprodutos de origem animal, destinados ao consumo, proposta da Prefeitura de Manaus; o que institui o Selo ‘Escola Protegida’, a ser concedido às instituições de ensino, pública ou privada, que atuem no combate ao mosquito Aedes aegypti e à Covid-19, do vereador Fransuá (PV) e o que cria a campanha contra o trabalho em condição análoga à de escravidão, projeto apresentado pela vereadora Thaisa Lippy (PP).

Os parlamentares aprovaram, ainda, a criação da Galeria das Vereadoras na Câmara de Manaus, Projeto de Resolução apresentado pela Mesa Diretora da Casa Legislativa. A proposta destina um espaço no Memorial da CMM para exposição permanente de fotos e breves biografias das ex-vereadoras, como forma de homenagear as parlamentares.

O vereador João Carlos (Republicanos) parabenizou a ideia da criação da Galeria e afirmou que este espaço vai honrar a figura feminina no parlamento. “É um assunto que honra pessoas que tem honra no seus compromissos, com a cidade e fico muito feliz porque essa galeria vai proporcionar a valorização das parlamentares que passaram e vão passar por aqui”.

O discurso foi reforçado por Glória Carratte (PL), vereadora de sexto mandato e que agradeceu a Mesa Diretora, que deixará gravado na memória, toda a sua história dentro do parlamento. “Eu como vereadora fico muito feliz de saber que quando eu sair dessa Casa, vou deixar uma história, que será conhecida pelos meus netos, assim como de outras vereadoras que defenderam a cidade com amor, e muitos terão esse conhecimento agora”, disse a parlamentar que foi criadora da Comissão da Mulher.

Manaus Política câmara de manaus vereadoras

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

11/07
12:33

REUNIÕES SECRETAS

Executivos da Âmbar Energia, ligada ao Grupo J&F dos irmãos Joesley e Wesley Batista, realizaram secretamente 17 reuniões com autoridades do Ministério de Minas e Energia entre junho de 2023 e maio de 2024, sem registro oficial. Essas reuniões precederam a assinatura de uma medida provisória pelo presidente Lula em 13 de junho, beneficiando um negócio da Âmbar na energia elétrica, cujo custo será repassado aos consumidores por até 15 anos. O Ministério e a Âmbar negam que as reuniões tenham discutido a medida, mas não divulgaram os temas tratados. Críticas à falta de transparência foram levantadas, especialmente pela deputada Adriana Ventura (Novo-SP).

11/07
12:32

FRACA ARTICULAÇÃO

A aprovação da reforma tributária na Câmara revelou a fraca articulação dos senadores Eduardo Braga e Omar Aziz, que deixaram de incluir a maioria das propostas do Amazonas para a Zona Franca de Manaus (ZFM). O texto foi aprovado por 336 votos a favor e 142 contra. Foram incluídas apenas contribuições para financiar a UEA e fundos de desenvolvimento, além de crédito presumido para indústrias. Alterações cruciais, como a inclusão do IPI e crédito presumido para operações internas, foram rejeitadas. Os parlamentares precisarão trabalhar mais eficientemente no Senado.

11/07
12:31

SILAS CONTRA

A Câmara dos Deputados aprovou o primeiro projeto de regulamentação da reforma tributária com 336 votos a favor, 142 contra e duas abstenções. A maioria dos deputados do Amazonas votou contra devido aos impactos negativos na Zona Franca de Manaus (ZFM), com exceção de Silas Câmara (Republicanos-AM), que apoiou o projeto. Pauderney Avelino (União-AM) criticou a redução do crédito presumido e a falta de alíquota zero para operações internas, alertando sobre o aumento dos preços e a diminuição da competitividade no Amazonas. O próximo desafio será no Senado Federal.

11/07
12:30

DITADURA DA NICARÁGUA

A ditadura de Ortega na Nicarágua fechou a Radio María e mais 12 ONGs, totalizando 3,6 mil entidades fechadas em seis anos. A ministra do Interior, Maria Amelia Coronel, justificou o fechamento da rádio pela falta de demonstrações financeiras de 2019 a 2023. Ortega continua a perseguir a Igreja Católica, expulsando e detendo padres, e cancelando a cidadania de líderes religiosos, forçando-os ao exílio.

11/07
12:29

DEFESA DA ZFM

Wilson Lima, governador do Amazonas, promete lutar incansavelmente pela competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM) após a votação na Câmara dos Deputados que prejudicou o estado. Ele criticou a exclusão de emendas cruciais para o modelo econômico, enquanto duas sugestões foram aceitas, incluindo contribuições para financiar a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e fundos de desenvolvimento, além de créditos presumidos para indústrias. Alterações solicitadas, como a inclusão do IPI para produtos aprovados pela Suframa e crédito presumido para operações internas, foram rejeitadas.

Ver mais >>

Programas