AO VIVO
Poder Judiciário - 14 de novembro de 2023
Foto: Divulgação

Caso Yara Lins: presidente do TCE arquiva processo contra Ari Moutinho Júnior

O presidente do TCE-AM, Érico Desterro, revogou despacho e arquivou o processo de representação disciplinar da conselheira Yara Amazônia contra Ari Moutinho, que alegava agressão e injúria

Por: Filipe Távora
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

O conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) Érico Desterro revogou despacho e arquivou o processo de uma representação administrativa disciplinar em que a conselheira do órgão Yara Amazônia Lins Rodrigues Santos alegou ter sofrido agressão e injúria praticados pelo conselheiro Ari Jorge Moutinho da Costa Júnior.

O ato público foi divulgado na edição de segunda-feira (13) do Diário Oficial Eletrônico do órgão.

Segundo o documento, Desterro verificou que não houve observância dos pressupostos de admissibilidade. O conselheiro-presidente afirmou, por meio do registro: “é de se ter por certo o não atendimento aos pressupostos essenciais ao prosseguimento do procedimento administrativo disciplinar, pontualmente em referência à autoria e materialidade”.

A decisão do presidente do tribunal foi tomada após apresentação de recurso pelo conselheiro Ari Moutinho.

Documento na íntegra: TCE DIÁRIO

Representação

A conselheira Yara Lins havia apresentado a representação no TCE Amazonas alegando possíveis atos ilegais de Ari Moutinho, configurando quebra de decoro. A representação, regida pelo artigo 288 da Resolução nº 04/2002 do TCE/AM, é válida para apurar ilegalidades no âmbito do Poder Público.

O processo, após a representação ter sido aceita no tribunal em 6 de outubro deste ano, foi encaminhado para análise do Conselheiro mais antigo, Júlio Assis Corrêa Pinheiro, mantido em sigilo pela Resolução nº 04/2002 do TCE/AM. Caberia ao decano a verificação de requisitos de admissibilidade e análise detalhada do caso. Em uma decisão, o conselheiro chegou a decidir pelo afastamento de Ari Moutinho, porém, a decisão de afastamento foi revogada pela Justiça Estadual.

Relembre o caso

Inicialmente, a conselheira Yara Lins protocolou na Delegacia Geral da Polícia Civil uma representação criminal contra o conselheiro Ari Moutinho Júnior, alegando agressão verbal e ameaças dentro da Corte. Ela fez a denúncia em coletiva de imprensa, afirmando que foi insultada e ameaçada por Moutinho Júnior antes da sessão para a eleição do novo corpo diretivo da Corte no dia 3 deste mês. Um vídeo mostra um momento em que a conselheira é supostamente injuriada pelo colega. No vídeo, Yara Lins toca o rosto de Ari Moutinho, que teria respondido de forma sarcástica. Ela alega ter sido insultada e afirma que Moutinho a chamou de nomes ofensivos. A conselheira formalizou a denúncia na polícia por injúria, ameaça e tráfico de influência contra Moutinho. Posteriormente, Ari Moutinho Júnior negou veementemente as acusações, mencionou seu histórico de respeito e destacou seu compromisso em cumprir o papel fiscalizador. Ele alegou que as acusações podem estar relacionadas a sua decisão durante as eleições do TCE.

Em 6 de outubro, o TCE anunciou o início da tramitação da representação disciplinar interposta pela conselheira Yara Lins  contra o Conselheiro Ari Moutinho Filho.

#TCE #Ari Moutinho Yara Lins Érico Desterro

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas