AO VIVO
Executivo - 18 de março de 2024
Foto: Reprodução

Putin comandará Rússia até 2030, após contestada reeleição com 87%

Líder russo diz que não se deixará intimidar, após vitória com percentual histórico de suposta popularidade

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Com resultado histórico e contestado por líderes de nações ocidentais, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, exaltou sua reeleição histórica, neste domingo (17), com 87,3% dos votos, para seguir conduzindo o maior país do mundo até o ano de 2030. E advertiu que o país não se deixará intimidar por quem quer esmagar a Rússia, que trava uma guerra que alerta o Ocidente, após invadir a Ucrânia, em 2022.

“Não importa quem nos quer intimidar ou quanto, não importa quem nos quer esmagar ou quanto […], nunca ninguém conseguiu fazer nada assim na história. Não funcionou hoje e não vai funcionar no futuro”, disse Putin, aos 71 anos.

Nas redes sociais, governos e autoridades de países ocidentais como os Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e a Eslováquia contestaram a vitória de Putin, citando censura, prisão e violência contra seus opositores.

Putin reagiu dizendo que já esperava as críticas dos países ocidentais. “Achavam que nos aplaudiam? Estão a lutar conosco num conflito armado. O seu objetivo é conter o nosso desenvolvimento. É claro que eles estão prontos para dizer qualquer coisa”, afirmou o presidente russo, que obteve apoio de líderes da China, Bolívia, Cuba e Venezuela.

‘Nem livres, nem justas’

O conselheiro de Comunicações de Segurança da Casa Branca, John Kirby, concluiu que “a ideia de eleições livres e justas na Rússia é um nome impróprio”.

Já o secretário de Estado das Relações Exteriores do Reino Unido, David Cameron, lembrou que a Rússia promoveu eleição contestável até na Ucrânia invadida. “As urnas foram fechadas na Rússia, após a realização ilegal de eleições em território ucraniano, falta de escolha para os eleitores e nenhum monitoramento independente da Osce. Não é assim que se parecem eleições livres e justas”, disse.

O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, que chamou  a vitória de Putin de “pseudoeleição, nem livre, nem justa”. “O governo de Putin é autoritário, ele depende da censura, repressão e violência. As ‘eleições’ nos territórios ocupados da Ucrânia são nulas e sem efeito e outra violação do direito internacional”, criticou.

“As ‘eleições’ da Rússia careciam de justiça e liberdade de escolha. O processo encenado nos territórios ocupados da Ucrânia é uma grave violação do direito internacional e nunca poderá ser reconhecido pela comunidade internacional.”, disse  Zuzana Čaputová, presidente da Eslováquia.

 

*Com informações do Diário do Poder

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas