AO VIVO
Executivo - 21 de fevereiro de 2022
Foto:

Filiada do Psol afirma ter sofrido violência política de gênero dentro do partido

Marklize Siqueira foi candidata ao cargo de vice-prefeita, ao lado do então candidato à Prefeitura de Manaus, deputado federal José Ricardo (PT), nas Eleições de 2020

Por: Brendo
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

A professora, assistente social e filiada ao Partido Socialismo e Liberdade no Amazonas (Psol), Marklize Siqueira, denunciou em suas redes sociais, no último final de semana, que sofreu violência política de gênero dentro do partido. A perseguição, segundo ela, vem de um dirigente do Psol Amazonas. Marklize foi candidata ao cargo de vice-prefeita, ao lado do então candidato à Prefeitura de Manaus, deputado federal José Ricardo (PT), nas Eleições de 2020.

“Estou sofrendo violência política de gênero dentro do Psol. Estou precisando de ajuda e acabei de abrir um Boletim de Ocorrência  por estar sendo perseguida politicamente por um dirigente do Psol AM”, disse ela, em publicação no último sábado (19). Com a denúncia, Marklize recebeu inúmeras mensagens de apoio e adiantou que não deixará a vida política.

“Quero de coração agradecer por todo apoio que estou recebendo. As mulheres advogadas que se disponibilizaram para me amparar nesse momento minha gratidão feminista. Eu não irei sair da vida política/partidária se esse é o intuito. Todas as respostas jurídicas e éticas internas estão sendo providenciadas! Exijo respeito pela minha trajetória militante de partido e de anos no movimento social. Machistas não passarão! Não seremos interrompidas!”.

Em nota, o Psol Manaus manifestou solidariedade a ela pelos ataques e “insinuações realizadas contra a filiada e dirigente partidária nas redes sociais” A Executiva Municipal disse que soube de tal situação por meio de seus membros e percebeu que, infelizmente, tais posts tiveram como autor outro filiado.

“O Psol é um partido que prima pela defesa do direito das mulheres e sua emancipação. As mulheres precisam ter um lugar seguro e acolhedor politicamente para o avanço das lutas por equidade de gênero. Seu estatuto e programa indicam e priorizam tais aspectos. Além disso, o partido entende que a política brasileira e, portanto, amazonense é historicamente ocupada por homens héteros e brancos”.

Por fim, o partido afirmou que continuará sua busca por construir espaços de ocupação de grupos minorizados sociopoliticamente. “O Psol possui instâncias éticas para avaliar e decidir acerca de qualquer tipo de denúncia ou questionamento referente aos filiados que contrariem os seus regulamentos. Neste sentindo, diante dessa situação e como forma de cumprimento ao estatuto e programa partidário, além da nota de solidariedade, esta instância está avaliando o ocorrido para proceder da melhor forma possível sempre orientado pela construção de uma sociedade justa e equitativa”, finalizou.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

12/07
12:39

WILSON ANTECIPA 13º

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), anunciou na manhã desta sexta-feira (12) a antecipação da primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos do estado para os dias 23 e 24 de julho. Segundo Lima, a medida, somada ao pagamento da folha mensal, resultará na injeção de aproximadamente R$ 1 bilhão na economia do estado no final deste mês.

12/07
12:37

CÁRMEN LÚCIA EM MANAUS

A presidente do TSE, Cármen Lúcia, visitará Manaus em 29 de julho para se reunir com o TRE e visitar o Parque das Tribos, a maior comunidade indígena urbana do Amazonas. O presidente do TRE, João Simões, confirmou a visita e expressou preocupação com a possível seca severa durante as eleições deste ano. As Forças Armadas auxiliarão na segurança, especialmente em áreas críticas.

12/07
12:36

PESQUISA CONTROVERSA

O Instituto Veritá divulgou uma nova pesquisa eleitoral para a Prefeitura de Manaus, onde o deputado federal Capitão Alberto Neto (PL-AM), apoiado por Jair Bolsonaro (PL), lidera com 20,7% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Amom Mandel (Cidadania). No entanto, outras pesquisas recentes mostram Alberto Neto em queda, sendo ultrapassado por Roberto Cidade (União) e ocupando o quarto lugar nas intenções de voto.

12/07
12:34

DEPUTADO CONTRA MACONHA

O deputado estadual Eder Lourinho (PSD) apresentou um Projeto de Lei na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) para proibir o consumo de maconha em ambientes públicos e privados de uso coletivo, com multas de até R$ 2 mil para infratores. A proposta, motivada pela decisão do STF que descriminalizou o porte da droga para uso pessoal, ainda precisa ser analisada por comissões e deve tramitar mais rapidamente após o recesso legislativo em 6 de agosto. Lourinho ressaltou os riscos de saúde associados ao consumo da maconha.

12/07
12:32

LICITAÇÃO SUSPEITA

O ministro Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União (TCU), suspendeu uma licitação de quase R$ 200 milhões da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República devido a indícios de fraude. A licitação, sob o comando do ministro Paulo Pimenta, visava contratar empresas para comunicação digital do governo. A suspensão foi motivada por uma publicação do site O Antagonista que antecipou as empresas vencedoras. A Secom tem 15 dias para explicar o caso e afirmou não ter sido notificada oficialmente ainda.

Ver mais >>

Programas