AO VIVO
Executivo - 14 de fevereiro de 2022
Foto:

David Almeida abre ano letivo e afirma que quer a melhor Educação Básica do Brasil

O prefeito de Manaus, David Almeida, fez a abertura do ano letivo municipal e desafiou gestores, professores e demais servidores a conseguirem a melhor Educação Básica do Brasil

Por: Brendo
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Manaus | AM

Na abertura do ano letivo de 2022 da rede municipal para mais de 220 mil alunos, nesta segunda-feira (14), o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), lançou um desafio para a área da Educação: alcançar a melhor Educação Fundamental Básica do Brasil. O chefe do Executivo Municipal lançou o desafio convocando o empenho de gestores das escolas, professores e demais servidores.

“Quero a melhor Educação do Brasil para os alunos da rede municipal aqui de Manaus. É esse o desafio que quero com vocês. Quero também, que aqui, nós tenhamos os melhores gestores e professores do Brasil. Fizemos as progressões, pagamos os abonos, pagamos o aumento, pagamos os atrasados, pagamos o retroativo, e vocês tiveram o melhor ano (de 2021). Enquanto o piso salarial nacional foi aumentado em 33%, nós já pagamos bem acima desse piso. E nós temos um dos melhores pisos salarias do Brasil. E nós vamos aumentar ainda mais, vamos trabalhar para aumentar, para melhorar, para pagar carga dobrada para os professores e assim nós vamos ter a melhoria na Educação”, disse o prefeito.

Ele reforçou, ainda, que quer dar “o melhor salário, dar as melhores condições”, mas afirmou que não aceita menos do que o melhor para Manaus. “Manaus já está conhecida como a melhor Saúde Básica do País. Manaus é reconhecida com o Sine mais eficiente do Brasil”, declarou o prefeito.

Vacinação

Na retomada das aulas 100% presenciais, Almeida prometeu levar a vacinação infantil para dentro das escolas. “Nós vamos fazer, dar um jeito de fazer com que as crianças da rede municipal sejam todas vacinadas. Vamos, sim, cumprir as obrigações e determinações, exigências e cobranças dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, do Estatuto da Criança e do Adolescente, porque se nós não cobrarmos é o nosso CPF que está em jogo e nós seremos responsabilizados, enquanto a responsabilização das vacinações são dos próprios pais, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente”, comentou.

De acordo com Almeida, neste final de semana, mais de 15 mil crianças foram vacinadas contra a Covid-19 em uma campanha de intensificação da imunização voltada para crianças de 5 a 11 anos, na qual a aplicação da vacina foi realizada em escolas das redes municipal e estadual. “Manaus está dando a volta por cima, uma das cidades mais imunizadas até a idade de 12 anos. Agora nós temos o desafio (de imunizar crianças) de 5 a 11 anos, que agora nós estamos aqui tendo o retorno das aulas presenciais com um avanço significativo na vacinação. Os professores todos estão vacinados”, afirmou ele.

Acesso

O prefeito foi questionado sobre o passaporte vacinal nas escolas. Ele havia feito um anúncio, no dia 31 de janeiro deste ano, onde disse que as escolas de Manaus poderiam exigir o cartão de vacina para o acesso das crianças. Almeida não descartou a possibilidade da exigência, “sem medo de críticas e ataques”.

“Tinha só um por cento naquele dia (de crianças vacinadas). Após a minha fala, 15, 18 dias depois, nós temos 30% das crianças vacinadas. Se necessário for, nós vamos fazer as exigências necessárias. Nós não colocamos, não teve nenhum decreto, não tinha nenhuma portaria, foi uma declaração minha que acabaram deturpando, mas vou fazer todo o possível para proteger e resguardar a vida das nossas crianças”, falou.

Ele lembrou que Manaus foi uma das cidades mais atingidas do mundo pela pandemia e caso seja preciso, vai tomar as medidas mais duras necessárias, mais duras possíveis. “Farei, sem medo de críticas, sem medo de ataques, mas farei tudo que estiver ao meu alcance para salvaguardar a vida das crianças da minha cidade”.

Almeida ressaltou, também, que “politizaram a pandemia”. “Tem um ditado popular que diz: cada um no seu quadrado. Se a criança infelizmente contrair a doença, ela vai procurar a medicina, ela vai procurar os médicos. E os médicos recomendam a vacinação. Os números foram muito claros: em 2021, 2.672 foram sepultadas, em Manaus, sem vacina. Em 2022, 111 pessoas. É óbvio que é vacina é o nosso escudo, a nossa proteção”, encerrando o assunto.

Na manhã desta segunda-feira (14), David Almeida ainda reinaugurou a Escola Municipal Nestor José Soeiro do Nascimento, localizada na Comunidade Parque São Pedro, bairro Tarumã, na Zona Oeste da capital. A unidade foi reinaugurada com um Centro de Tecnologia da Educação (CTE). Das 510 escolas municipais, 480 iniciaram as atividades presenciais nesta segunda-feira, com 220.404 alunos.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

22/07
12:28

INVESTIMENTO MORADIAS

O governador Wilson Lima pagou cinco milhões e quinhentos mil reais para cento e setenta e oito famílias das comunidades Sharp e Manaus 2000, no Programa Amazonas Meu Lar, na última quinta-feira (18). O pagamento inclui bônus de sessenta mil reais, auxílio de seis mil e seiscentos reais e bolsa moradia de três mil e trezentos reais. A ação faz parte do Prosamin+, que já reassentou mais de mil e trezentas famílias e investiu cento e vinte e dois milhões de reais desde 2022. A próxima fase do programa, iniciada em 15 de julho de 2024, oferece subsídios para entrada em imóveis financiados com FGTS.

22/07
12:22

PROPOSTA DE CIDADE

Projeto de Lei nº 014/2024, do deputado Roberto Cidade (União Brasil), propõe criar as Comunidades Turísticas Sustentáveis (CTS) e o Selo Amazonense de Turismo Sustentável na Assembleia Legislativa do Amazonas. O objetivo é promover o turismo sustentável e apoiar as comunidades locais, oferecendo benefícios como linhas de crédito e capacitação técnica. O selo terá validade determinada pelo Executivo e precisará ser renovado periodicamente.

22/07
12:22

GASTO NO CAREIRO

A Prefeitura de Careiro da Várzea destinou quase R$ 250 mil para a reforma da Unidade Básica de Saúde Lucilene Batista do Vale, contratando a empresa P.R. Serviços de Reformas Prediais Ltda. O contrato foi assinado pelo prefeito Pedro Duarte Guedes em 8 de julho de 2024. A empresa tem capital social de R$ 10,5 mil e está localizada em Manaus, atuando na reforma predial. O contrato inclui a emissão da nota de empenho pela Secretaria Municipal de Finanças e a publicação dos documentos necessários no Diário Oficial e no Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP).

22/07
12:20

MULHERES NO PARLAMENTO

Beruri, no Amazonas, é uma das 45 cidades brasileiras com maioria feminina no parlamento municipal em 2020, sendo a única do estado com essa característica. Das 5,5 mil cidades do país, menos de 1% têm maioria feminina nas câmaras municipais. A Câmara de Beruri conta com 9 parlamentares, dos quais 5 são mulheres. Apesar das mulheres serem maioria no eleitorado e em cargos de mesários, a representatividade feminina na política é limitada.

22/07
12:19

APAGÃO VIRTUAL

Nesta sexta-feira (19), um apagão cibernético global, causado por um problema com a empresa de segurança cibernética CrowdStrike, afetou empresas e serviços em vários países, incluindo o Brasil. No país, os problemas começaram a ser reportados às 8h, impactando serviços da Microsoft e sistemas de bancos como Bradesco, Banco do Brasil, Neon, Next e Banco Pan. A Azul Linhas Aéreas também informou possíveis atrasos em voos devido a falhas no sistema de reservas.

Ver mais >>

Programas