AO VIVO
Executivo - 06 de julho de 2024
Foto: Reprodução

‘A grande guerra contra a esquerda acontece dentro de casa’, diz deputado Gustavo Gayer

Ele alertou para o interesse da esquerda na doutrinação das crianças. Segundo ele, a esquerda coloca jovens e crianças contra os pais e contra as famílias

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

Na Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC) – Brasil 2024, realizada neste final de semana em Balneário Camboriú, Santa Catarina, o deputado federal Gustavo Gayer (PL) fez um discurso contundente sobre a importância da família e os desafios enfrentados na educação das crianças em um contexto moderno, onde diversas influências externas competem pelos valores e comportamentos das gerações mais jovens.

Gayer argumenta que a estratégia da esquerda é subverter a cultura, corroer o país por dentro, criando uma militância através da educação. Ele acredita que essa militância futura será composta pelos “soldados” que destruirão a própria nação. Para ele, o sucesso desse plano depende do enfraquecimento das famílias. “Para que eles consigam sequestrar as crianças de nós e criar uma infantaria, basta que as famílias estejam enfraquecidas”, declarou o deputado.

O deputado enfatizou que o verdadeiro campo de batalha é dentro de casa, onde as famílias devem se fortalecer e resistir às influências externas que ele associa à esquerda, como a lacrosfera, jornalismo, o entretenimento, a vulgaridade e a promiscuidade. Segundo ele, essas forças tentam afastar as crianças do ambiente familiar.

Para Gayer, a presença de Deus no seio familiar é essencial para vencer essa “guerra”. Ele criticou a ideia de apenas conservar os valores atuais e defendeu a necessidade de resgatar os valores que ele considera fundamentais, muitas vezes rotulados como ultrapassados. O deputado também atacou declarações de figuras públicas que, segundo ele, desvalorizam a importância da família.

“A gente tem que acabar com esses valores ultrapassados da família. E aí eu vejo muitas vezes as pessoas usando a palavra família, um discurso político. Mas o que é isso? O que é defender? Eu sou a favor da família e tal. O que é isso de ser a favor da família? Vocês entendem a importância?”, questionou Gayer.

Ele argumentou que a nação é composta por grupos de famílias, e que a família é a principal instituição responsável pela formação do caráter, personalidade, valores e princípios dos indivíduos. Sem a presença ativa dos pais na criação dos filhos, essa tarefa seria delegada a outros, como militantes nas escolas ou influenciadores na internet.

“Nunca foi tão difícil educar os seus filhos ou criar os seus filhos para que eles carreguem os seus valores. Porque nunca houve tanta tentação diretamente em contato com eles. Na internet, na música, nunca”, disse o deputado, enfatizando a necessidade de os pais participarem ativamente do dia a dia dos filhos e serem exemplos para eles.

Gayer conclamou os conservadores presentes na CPAC a refletirem sobre suas ações e prioridades. Ele destacou que lutar por uma nação não faz sentido se a guerra principal, dentro de casa, for perdida. “De que adianta salvar o mundo e perder seu lar?”, indagou.

Em um apelo final, Gayer pediu que os pais não terceirizem a educação dos filhos e que valorizem o tempo e a convivência com as crianças. Ele criticou a ideia de que as crianças pertencem ao Estado, defendendo que elas pertencem aos pais, às pessoas que dariam a vida por elas.

O discurso do deputado Gustavo Gayer na CPAC – Brasil 2024 destaca a visão de que a família é a base da sociedade e que os valores conservadores devem ser preservados e reforçados para garantir a integridade das futuras gerações frente às influências externas.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

23/07
12:40

CONVENÇÃO EM ITACOATIARA

Na noite de sábado, 20 de julho, o Podemos realizou uma convenção em Itacoatiara para oficializar Arnoud Lucas como candidato a prefeito nas eleições de 2024. O evento reuniu milhares de pessoas e anunciou 31 candidatos a vereador pelo Podemos e PMB. O vereador destacou a necessidade de mudança e participação popular, reforçando o compromisso com o progresso da cidade.

23/07
12:39

VICE DE ALBERTO NETO

Em entrevista ao site O Poder, neste sábado (20), o deputado federal Alberto Neto (PL) revelou que seu pré-candidato a vice será da mesma ideologia política, da direita, e não há chances de ser vice do pré-candidato Roberto Cidade (União Brasil). Neto destacou a lealdade à direita e a Jair Bolsonaro, e anunciou que a convenção do Partido Liberal (PL) está prevista para 3 de agosto, onde serão oficializados a chapa majoritária e os candidatos a vereador.

23/07
12:37

CONVENÇÃO EM PAUINI

No sábado, 20, mais de 2 mil pessoas compareceram à convenção partidária do “Bloco de Evolução do Município” (Coligação do Bem) em Pauini. O prefeito Renato Afonso (PSD) teve seu nome confirmado como candidato à reeleição, compondo a chapa com o vice-prefeito Paulo da Gasolina (PL). A coligação tem o apoio do União Brasil e dos Progressistas. O prefeito destacou os avanços realizados e a necessidade de continuar o projeto de evolução do município.

23/07
12:36

CANDIDATURA HISTÓRICA

Neste domingo, 21 de julho, o União Brasil realizou uma convenção em Rio Preto da Eva, reunindo 10 mil pessoas. A professora Socorro Nogueira foi oficializada candidata à prefeitura e João Queiroz a vice. É a primeira vez que uma mulher se candidata à prefeitura no município. O evento contou com a presença de diversas autoridades políticas e mensagens de figuras nacionais.

23/07
12:33

CIDADE CRESCE

Um novo estudo eleitoral divulgado pelo Instituto Pontual Pesquisas nesta segunda-feira (22) revela o crescimento nas intenções de voto do deputado estadual Roberto Cidade (União Brasil) na corrida para a Prefeitura de Manaus nas eleições de 2024. Segundo a pesquisa realizada entre 14 e 18 de julho de 2024, Roberto Cidade, posicionado em terceiro, subiu de 9,0% para 12,8% em comparação com o levantamento anterior de abril deste ano. David Almeida (Avante) lidera com 29,8%, seguido por Amom Mandel (Cidadania) com 25,2%. Alberto Neto (PL) tem 8,5%, em quarto lugar.

Ver mais >>

Programas