AO VIVO

Plínio Valério consegue assinaturas suficientes para abrir CPI das ONGs na Amazônia

Senador afirma que drama dos Yanomami revela urgência de investigar denúncias graves de desvios milionários de recursos destinados à saúde indígena, geridos por Organizações Não Governamentais

Por: Redação
Compartilhe

Venha fazer parte do nosso grupo do Whatsapp e receba em primeira mão as notícias do momento!

Clique aqui

MANAUS | AM

O senador do Amazonas Plínio Valério (PSDB) afirmou nesta terça-feira (28), durante pronunciamento no Senado Federal, que coletou 37 novas assinaturas para reapresentação do requerimento de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar Organizações Não Governamentais (ONGs) que operam na Amazônia. Para o parlamentar, a crise Yanomami e as graves denúncias de falta de assistência médica a esses povos confirmam a necessidade de investigação.

Durante o discurso na Casa, o senador citou o caso que denuncia a Associação Urihi Yanomami, que teria desviado R$ 33 milhões da saúde indígena. O CNPJ dessa entidade, de número 03.272.540/0001-12, foi invalidado e, conforme disse Valério, o responsável por ela tinha vínculos com uma ONG de maior porte, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.

A denúncia contra a empresa europeia Agrocortex, do Grupo Masaveu, também foi mencionada novamente pelo parlamentar, que afirmou que a companhia adquiriu ilegalmente uma imensa área na Amazônia, com território superior ao município de São Paulo. O caso já havia sido colocado em pauta na tribuna, em julho do ano passado.

“Tudo isso mostra a necessidade de uma investigação. Reitero que não pretendemos uma condenação prévia, mas uma apuração séria, isenta, apartidária, que permita mostrar quais as ONGs que efetivamente trabalham em favor da Amazônia e de sua população – e também mostrar quais as que operam malfeitos e prejudicam o povo brasileiro”, apelou Plínio Valério.

No pedido de CPI, o senador argumenta que foi traçada uma pirâmide das ONGs que atuam no Amazonas, principalmente no Alto Rio Negro, região que abriga 90% do nióbio mundial e onde foram detectadas 372 organizações não governamentais. No “topo da pirâmide” que financia as ONGs aparecem a Embaixada da Noruega e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional, que têm a função de assegurar o desenvolvimento econômico e social sustentável e igualitário.

Foto: Agência Senado

 

 

 

CPI ONGs Amazônia #plínio Valério

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notas do Poder

25/03
11:15

AFASTAMENTO DE SECRETÁRIO

O vereador Capitão Carpê utilizou a tribuna nesta segunda-feira (25) para solicitar ao prefeito David Almeida o afastamento do Secretário de Comunicação do município, Israel Conte. Carpê se baseia no fato de que o motorista do portal O Abutre confirmou à polícia o recebimento de dinheiro em espécie na prefeitura durante seu depoimento.

20/03
20:29

RAIFF NO UNIÃO

O vereador Raiff Matos (Democracia Cristã) deverá mudar de partido nos próximos dias. O parlamentar, que integra a base conservadora da Câmara Municipal de Manaus (CMM), está prestes a se juntar às fileiras do União Brasil. A confirmação foi feita na manhã desta terça-feira (19) à reportagem do site O Poder.com pelo vereador Diego Afonso (UB), líder da bancada na Câmara Municipal.

20/03
11:45

FAUSTO JR. NA CMM

Na manhã desta terça-feira (19), o deputado federal licenciado e atual secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Fausto Júnior, esteve visitando a Câmara Municipal de Manaus, onde cumprimentou os vereadores. Após saudar os parlamentares, Fausto se reuniu a portas fechadas com o vereador Diego Afonso (UB). Questionado pela reportagem do site O Poder.com sobre a motivação da visita à câmara, o deputado afirmou que se tratava apenas de uma visita de “cortesia”.

13/03
11:21

BELÃO NO COMANDO

Cotado para concorrer à prefeitura de Fonte Boa nas Eleições de 2024, o ex-deputado estadual Belarmino Lins, mais conhecido como ‘Belão’, assumiu o comando do diretório do partido União Brasil naquele município. Belão, após 32 anos de vida pública e oito mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), decidiu abandonar a política, mas agora almeja a prefeitura de Fonte Boa.

05/03
16:31

REPRESENTANDO A DIREITA

Depois que o prefeito David Almeida (Avante) afirmou que continuaria em seu partido e não ingressaria mais no Partido Liberal (PL), apesar das tentativas com os caciques regional e nacional da sigla, Alfredo Nascimento e Valdemar da Costa Neto, o pré-candidato do partido em Manaus, o deputado federal Capitão Alberto Neto, intensificou sua pré-campanha nas redes sociais. Um card com a imagem de Alberto Neto e do ex-presidente Jair Bolsonaro, acompanhado da mensagem “Estou preparado para Manaus”, passou a circular.

Ver mais >>

Programas